home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

12/04/2016

Presidente da AICEP promove investimento e Web Summit nos EUA

O Presidente da AICEP, Miguel Frasquilho, inicia quarta-feira, 13 de abril, em Nova Iorque e dia 18 em São Francisco, uma série de contactos com investidores para promover Portugal como destino de investimento.

Uma atenção especial será dada à Web Summit, que se realiza em Lisboa em novembro. Estão marcadas visitas à Google e Apple.

Em Nova Iorque, o Presidente da AICEP desenvolve contactos com investidores institucionais, private equities e investidores em áreas de serviços.
 
Uma ação de follow-up ao Roadshow de Investimento de setembro último em Nova Iorque, Texas e Califórnia.
O objetivo é valorizar as relações bilaterais, que têm ganho significativo relevo na economia portuguesa com as exportações de bens e serviços para os EUA a duplicar em cinco anos, tendo sido de 2,5 mil milhões de euros em 2015, registando um crescimento homólogo de 22 por cento neste último ano e ainda uma taxa de cobertura das exportações pelas importações de 266 por cento.
 
Estão previstas reuniões com exportadores de têxteis, vinhos, confeções e equipamento industrial. 
 
Miguel Frasquilho participa no evento "Portugal, a new Start-up Nation", dirigido a empresários, que se realiza num dos mais relevantes aceleradores de inovação da cidade (Made in NY Media Center), numa sessão onde participam igualmente startups portuguesas e uma software house portuguesa estabelecida em Nova Iorque.
 
O Presidente da AICEP é ainda orador convidado numa sessão do "Think Tank Portugal", um encontro que reúne altos-executivos portugueses a trabalhar em empresas americanas e instituições internacionais em Nova Iorque.
 
Já no centro mundial da nova economia, São Francisco, Miguel Frasquilho dá a conhecer a rápida internacionalização do ecossistema português, com as nossas startups a tornar-se globais e cada vez mais empreendedores estrangeiros a escolher Portugal para desenvolver e lançar os seus projetos.
 
A realização da Web Summit em Lisboa, a maior conferência de tecnologia do mundo, de 7 a 10 de novembro, é uma oportunidade a destacar para colocar Portugal no mapa de startup hubs.
 
A AICEP aborda, ainda, o ecossistema para startups em São Francisco nas vertentes mais adequadas ao estágio de maturação das empresas portuguesas como: venture capital de financiamento semente; aceleradoras e incubadoras para scaleups; e novos players globais de Financial Tech e Tourism Tech.
 
Na agenda está também a promoção de Portugal como destino de investimento em Tecnologias de Informação e Comunicação, Data Centres, Shared Services and Competences e Business Process Outsourcing, nomeadamente junto de grandes empresas de Silicon Valley com visitas marcadas à Google e Apple, entre outras.
 
Segundo o Presidente da AICEP, “é importante mostrar aos empreendedores, investidores e grandes empresas mundiais de novas tecnologias que Portugal é o contexto, e não apenas o novo palco, da Web Summit, entusiasmando-os a apostar no nosso ecossistema”.

Fonte: Portugal Global



NOTÍCIAS RELACIONADAS
07/11/2017
António Costa: “Portugal é um ótimo sítio para investir”
07/11/2017
Investimento imobiliário em Portugal reforçado por mais 12 meses
07/11/2017
Há um ano foram ao Web Summit. O que é feito destas startups?
07/11/2017
Governo adota campanha “fortíssima” para atrair Agência do Medicamento
06/11/2017
É mais barato fazer faculdade em Portugal ou no Brasil?
06/11/2017
Organização da Web Summit está “convencida” a ficar em Portugal, diz Ana Lehman