home > notícias

MUNDO

12/04/2016

Luís Castro Mendes é o novo ministro português da Cultura

O embaixador que representava Portugal no Conselho da Europa, em Estrasburgo, foi nomeado para substituir João Soares na Cultura. A tomada de posse será na próxima quinta-feira.

O embaixador Luís Filipe Castro Mendes foi nomeado ministro português da Cultura, sucedendo a João Soares, que na passada semana se demitiu do cargo depois de um polémico episódio em que ameaçou, via Facebook, dar "duas bofetadas" a dois colunistas do jornal "Público".

O novo ministro, licenciado em direito, foi cônsul-geral de Portugal no Rio de Janeiro, entre 1998 e 2002 - com importante participação na organização das comemorações dos 500 anos da chegada dos portugues ao Brasil -, e embaixador na Índia. 

Luís Filipe Castro Mendes é desde 2012 o representante de Portugal no Conselho da Europa, em Estrasburgo. O diplomata é também autor de vários livros, de poesia e ficção. O último, "Outro Ulisses regressa a casa", foi publicado pela editora Assírio e Alvim.

A nomeação de Luís Castro Mendes para a pasta da Cultura já foi aprovada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. A posse de Luís Castro Mendes terá lugar na próxima quinta-feira, dia 14, depois da deslocação do chefe de Estado a Estrasburgo nos dias 12 e 13.

O Ministério da Cultura é a primeira área do Governo a sofrer uma substituição desde que o Executivo do primeiro-ministro António Costa tomou posse, a 26 de novembro de 2015.

Fonte: Portugal Digital



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/04/2018
Portugal vai ter este ano 640 praias aprovadas para banhos, mais 99 face a 2017
20/04/2018
Vinte escritores de língua portuguesa no VIII encontro na cidade da Praia
20/04/2018
Dias da música podem ser os últimos da Orquestra de Câmara Portuguesa e dos seus projetos
19/04/2018
Portugal entre os países com mais liberdade do mundo
19/04/2018
Corrida da Mulher junta anónimas e atletas de elite na luta contra o cancro da mama [Portugal]
18/04/2018
Consulado de Portugal em São Paulo leva ao Brasil a primeira exposição de Nuno Sousa Vieira