home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

27/04/2016

Internacionalização e os desafios para as PME

Os desafios da internacionalização e o acesso a mercados externos vão ser discutidos no Seminário “Integração das PME em redes de compras internacionais” no dia 5 de maio, no auditório do Porto de Leixões

Com organização da Câmara de Comércio e Indústria Suíça em Portugal e da SGS, esta iniciativa tem como objetivo apresentar aos gestores das PME formas de acesso a informação relevante para alcançarem as redes de compras internacionais.

Entre as maiores preocupações dos exportadores encontram-se questões relacionadas com o cumprimento de requisitos legais, financiamento, idoneidade de fornecedores, prospeção de mercado, recursos necessários, formas de pagamento, logística e, cada vez mais, com o produto. Este seminário, que conta com o apoio da AICEP, irá abordá-las e ajudar a ultrapassá-las.

O programa do evento apresenta temas como “Estratégias de internacionalização”, “A evolução setorial da exportação e apoios públicos” e “A procura de certezas no comércio internacional”. Haverá ainda oportunidade de conhecer o Estudo de Caso do Carrefour e de realizar uma mesa redonda dedicada à promoção internacional, com a participação da APICCAPS, Portugal Foods e Associação Têxtil e Vestuário de Portugal.

O Seminário “Integração das PME em redes de compras internacionais” tem inscrição gratuita, mas obrigatória, até ao dia 2 de maio, sendo realizada através do e-mail news.pt@sgs.com. Mais informações disponíveis através do mesmo contacto e no site https://seminariointernacionalizacao.wordpress.com/.

Fonte: Oje



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/10/2017
Portugal: 185 foram com vistos top em 2017
16/10/2017
Mercado imobiliário do Porto em franca expansão
16/10/2017
Web Summit. A máquina que transforma os negócios das startups
16/10/2017
Parque automóvel híbrido e elétrico português pode chegar aos 40 por cento em 2020
16/10/2017
Exportação aumenta a bom ritmo mas falta mão-de-obra
16/10/2017
Comissão Europeia adota iniciativa para impulsionar estágios na Europa