home > notícias

ASSOCIADOS

04/05/2016

MDS Insure compartilha estratégias usadas na crise europeia

Corretora internacional promove evento em Portugal para debater com profissionais europeus as práticas adotadas para enfrentar a crise de 2008 na Europa

A crise econômica brasileira tem desestabilizado empresas de todos os portes. Estão resistindo aquelas que investem na gestão de talentos e retenção de profissionais qualificados, e assim tornam-se capazes de traçar estratégicas seguras para enfrentar a recessão. Apostando nestas premissas, a MDS Insure promoveu uma imersão em Portugal com executivos brasileiros, entre os dias 19 e 24 de abril. O “MDS Training” levará convidados da MDS às cidades de Lisboa e Porto para debater com profissionais de grandes empresas o que aprenderam com as turbulências econômicas durante a crise europeia de 2008.

Entre os objetivos do evento estava discutir temas como: liderança, engajamento, diversidade, equilíbrio entre a vida pessoal e profissional e formação de times dispostos a enfrentar desafios, para encontrar as respostas para a pergunta chave: o que é necessário para aprimorar e aumentar o desenvolvimento organizacional das empresas de modo que seja sólido o suficiente para crescer mesmo durante a crise? 

Também estiveram presentes no treinamento convidados e representantes da MDS Insure de Portugal, onde se localiza a matriz da corretora. Além de focar em gestão de pessoas e recursos humanos, serão discutidos temas comuns do setor de seguros, como os desafios durante recessões econômicas, cyberisks, ERM (Enterprise Risk Management) e riscos geopolíticos. 

Os palestrantes convidados pela MDS Insure para compartilhar experiências são profissionais altamente qualificados, líderes de empresas globais e experts em temas de recursos humanos e gestão de pessoas. Miguel Miranda, Diretor Técnico da área de Zurich Global Employee Benefit Solutions palestrou sobre o mercado europeu e estratégias de investimento em benefícios. Susana Véstia, Diretora de RH da Philip Morris International, que debateu sobre gerenciamento de gêneros e gerações no ambiente de trabalho e valorização da liderança e presença feminina. Ricardo Gonçalves, partner da Amrop, ensinou sobre aquisição de talentos e práticas e mudanças adotadas pós-crise de 2008.  Ricardo Vargas, CEO da Consulting House, abordou questões sobre liderança e engajamento, contando sobre as experiências europeias e as alterações empresariais realizadas durante e após a crise.

“A MDS reconhece a importância do compartilhamento de informações. Apostamos e acreditamos que a troca é a chave para o aprendizado simultâneo. Queremos levar nossos clientes, não só para aprender novas estratégias com profissionais que sobreviveram e prosperaram com a crise europeia, mas para engajá-los a liderarem eficientemente suas equipes e assim, mesmo depois que a crise econômica brasileira passar, possam continuar crescendo e formando grandes times de colaboradores”, enfatizou Hélio Novaes, CEO da MDS      

Sobre a MDS Insure:

A MDS Insure pertence à MDS Group. Presente em 21 países por meio da parceria com a Brokerslink, a MDS possui uma carteira de prêmios emitidos da ordem de US$ 1,8 bilhão. No Brasil, alia alta qualidade no atendimento e ofertas de soluções inovadoras ao prestígio mundial da marca. 

A MDS é o 3º maior broker de seguros do mercado brasileiro, com mais de 700 mil clientes individuais e 9 mil clientes empresariais. Sob o comando de Hélio Novaes, a operação no Brasil conta com cerca de 400 colaboradores e escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina. 

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
17/10/2017
Lisbon Green Valley recebe prêmio de sustentabilidade [Belas Clube de Campo]
17/10/2017
TAP registou o mês de Setembro como o melhor mês de sempre [TAP]
16/10/2017
TAP atinge 1 milhão de passageiros na ponte aérea [TAP]
16/10/2017
Análise PwC Portugal à proposta de Orçamento do Estado para 2018: principais alterações [PWC]
11/10/2017
Salários até perto de 670 euros beneficiam da isenção do IRS [PWC]
11/10/2017
Consultora Ernst & Young diz que o Porto está entre as cinco cidades favoritas para acolher Agência do Medicamento [EY do Brasil]