home > notícias

MUNDO

17/05/2016

Novo ministro disponibiliza 1,6 milhões para concursos da DGArtes

O ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, na sua estreia parlamentar, anunciou a dotação de 1,6 milhões de euros para os concursos bienais da Direção Geral das Artes e abertura, em junho, dos concursos para os apoios pontuais.

O governante anunciou ainda ter chegado a um acordo com o apoio do Ministério das Finanças, para que sejam prolongados os contratos dos "mais de cem funcionários dos museus", que estavam em risco de serem dispensados.

Nesta primeira audição, na comissão parlamentar de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, o ministro da Cultura é acompanhado pelo secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, que, entre outras matérias, tem a seu cargo a programação artística, como disse Luís Filipe Castro Mendes.

O ministro da Cultura sublinhou, na abertura da sessão, "os constrangimentos orçamentais" existentes, tendo afirmado que o seu ministério não é exceção.

"Não nos queixamos", disse o ministro aos deputados, acrescentando que o seu papel "é procurar o melhor resultado com os recursos disponíveis".

O ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, tomou posse no passado dia 14 de abril, na sequência da demissão do anterior titular da pasta, João Soares.

Na altura, Castro Mendes disse aos jornalistas, a propósito do orçamento disponível para o setor, que "a política é a arte do possível, sem trair os nossos ideais"

Como objetivo, destacou então que quer "trazer a cultura ao quotidiano dos cidadãos, não só nos grandes centros", e apoiar os criadores e produtores culturais.

Fonte: Noticias ao minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
07/11/2017
Reynaldo Gianecchini percorre Portugal com peça de teatro
07/11/2017
Universidade do Porto condecorada pela Marinha do Brasil
07/11/2017
Bonecos de Estremoz podem ser Património da Humanidade em dezembro
06/11/2017
São Martinho, a mais antiga feira de cavalos de Portugal
06/11/2017
Portugal vai promover-se como destino para andar de bicicleta ou a pé
06/11/2017
70 mil km para descobrir a Mina Lusitana