home > notícias

ASSOCIADOS

31/05/2016

Fusões e aquisições têm forte alta em Pernambuco, aponta KPMG

O estado de Pernambuco registrou quatro fusões e aquisições no primeiro trimestre deste ano, enquanto no mesmo período de 2015 não houve negociações.

Os dados constam na pesquisa de fusões e aquisições realizada, trimestralmente, pela KPMG, com 43 setores da economia brasileira.

Com relação ao tipo de transação fechada, de janeiro a março deste ano, duas operações foram do tipo CB1 e duas domésticas. Já os setores envolvidos são companhia de serviço (1), energia (1), hospital e análises clínicas (2).

Na Região Nordeste, o número de fusões e aquisições, no primeiro trimestre, mais do que dobrou, registrando uma alta de 116%, se comparado com o mesmo período do ano passado.  De janeiro a março deste ano, foram fechadas 13 transações contra seis em 2015. 

Este ano, os estados que tiveram negociações foram os seguintes: Bahia (6), Ceará (1), Maranhão (1), Pernambuco (4), Piauí (1). Já no ano passado, das seis: Bahia (3), Ceará (1), Rio Grande do Norte (1), Paraíba (1).

'Passado o momento de indefinição política, que paralisou o ambiente de negócios, é esperada uma retomada gradativa da confiança de investidores”, afirma o diretor Paulo Siqueira.

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
22/08/2017
A inteligência artificial e o seu emprego [McKinsey & Company]
22/08/2017
EDP procura ideias para festival próprio [EDP]
21/08/2017
Descubra quais são os livros que CEOS de sucesso estão lendo [McKinsey & Company]
21/08/2017
InterCement realiza Dia do Bem-Fazer em 16 cidades brasileiras [InterCement]
21/08/2017
O Algarve tem um novo terraço para ver o mar [Tivoli]
21/08/2017
Ataques cibernéticos preocupam empresas brasileiras [EY do Brasil]