home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

05/07/2016

Exportações do Brasil para Portugal tiveram em junho o melhor registro do ano

O Brasil exportou US$ 81 milhões para Portugal em junho, o melhor registro mensal desde o início do ano. Mas no conjunto do primeiro semestre o comércio entre os dois países apresenta ainda sinal vermelho em comparação com o ano passado.

As exportações brasileiras para o mercado português ascenderam em junho a US$ 81,1 milhões, o valor mensal mais elevado desde o início do ano, segundo as estatísticas do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil (MDIC).

O valor exportado pelo Brasil para Portugal corresponde a um crescimento de quase 7% em comparação com o registro de maio, mas fica abaixo dos US$ 123,9 milhões exportados em junho de 2015, de acordo com o MDIC.

No sentido contrário, as exportações de Portugal para o Brasil em junho somaram US$ 39,5 milhões, cifra que está não só 8,7% abaixo de maio, como fica também distante dos US$ 47,5 milhões que Portugal vendeu para o mercado brasileiro em junho de 2015.

Somando a corrente de comércio nos dois sentidos, as trocas luso-brasileiras em junho foram de US$ 120,7 milhões, que é o registro mensal mais elevado do ano, acima dos US$ 119 milhões contabilizados em maio.

No acumulado desde o início do ano, contudo, a tendência do comércio luso-brasileiro ainda é de queda. De janeiro a junho o Brasil exportou US$ 363 milhões para Portugal, menos 14% do que em 2015, e importou de Portugal US$ 281 milhões, menos 31% em termos homólogos. A corrente comercial ficou em US$ 644 milhões.

Os produtos que o Brasil mais vendeu a Portugal no primeiro semestre deste ano foram soja (23,6% do total), petróleo (12%) e laminados de ferro e aço (mais de 10%). Madeira, café, milho, açúcar e mangas estão igualmente entre os produtos mais exportados até junho.

Nas vendas portuguesas para o Brasil o destaque na primeira metade do ano foi para o azeite (mais de 21% do total) e para as peças de aviões e helicópteros (cerca de 20%), havendo ainda contributos relevantes das exportações lusas de bacalhau (mais de 10%), pêras (mais de 6%) e vinho (mais de 4%).

Recorde-se que em 2015, no ano completo, as exportações brasileiras para Portugal tinham apresentado uma descida de 22% e as exportações portuguesas para o Brasil tinham caído 26%. Somada, a corrente comercial luso-brasileira em 2015 foi de US$ 1,63 bilhões, o valor mais baixo em dez anos.

Fonte: Portugal Digital



NOTÍCIAS RELACIONADAS
23/06/2017
Integração dos portugueses no Brasil os diferenciam de todas as comunidades espalhadas pelo mundo
23/06/2017
Brasil e Portugal têm maior percentual de mulheres na produção científica
22/06/2017
Portugal é o segundo país da Europa onde mais se confia nas notícias
20/06/2017
Fileira do imobiliário vai vender "Houses of Portugal" em quatro mercados estratégicos
20/06/2017
Construção metálica já representa 2% das exportações nacionais [Portugal]
20/06/2017
Centeno: "Portugueses hoje estão mais orgulhosos de Portugal"