home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

01/08/2016

Governo vai concessionar 30 edifícios históricos abandonados a privados

Governo lança este ano 30 concursos para investimento turístico em edifícios como o Convento de São Paulo ou o Paço Real de Caxias, através de concessões. O património ao abandono vai ser aberto a privados, avança o Expresso

O Expresso avança na sua edição de hoje que o Governo já arrancou com o programa do Governo destinado a abrir património ao abandono e degradado à concessão de privados para investimento turístico.
 
Ao todo são 30 edifícios públicos identificados, o Convento de São Paulo, em Elvas, é o primeiro a ficar pronto a ir a concurso, avança o semanário.
 
Até ao final do ano, o objectivo do Governo, através do Ministério da Economia, é ter os concursos lançados para cada um dos 30 imóveis já seleccionados, no âmbito do Programa de Valorização do Património — muitos dos quais em estado de degradação elevado, segundo a Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC).
 
Em Agosto vai ser divulgada a lista dos 10 primeiros imóveis que serão abertos a concessões para hotéis ou outros fins turísticos, da qual também faz parte o Paço Real de Caxias, antiga casa de Verão da família real.
 
O Governo, diz o Expresso quer atrair investidores internacionais com a ajuda das embaixadas.
 
As concessões vão obrigar os investidores a assumir o restauro dos edifícios e a sua manutenção, além de manter o acesso livre ao público.
 
O ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, também participa nesta iniciativa governamental. Pois a recuperação tem de ser aprovada pela Direcção-Geral do Património.
 
Já Manuel Caldeira Cabral, Ministro da Economia, disse ao Expresso que irá mobilizar a rede da AICEP — Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal e das embaixadas portuguesas no exterior.

Fonte: Portugal Global



NOTÍCIAS RELACIONADAS
25/09/2017
EU Market Access Brazil., edição 49
25/09/2017
A economia portuguesa está em boas mãos
25/09/2017
Redes de cooperação bilaterais entre o Brasil e a Europa
22/09/2017
Empresas portuguesas precisam de investir mais na velocidade dos sites mobile
22/09/2017
Portugal financiou-se com os juros mais baixos de sempre
22/09/2017
Portugal acolheu até agora 1435 refugiados