home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

12/08/2016

Jogos Olímpicos devem movimentar US$ 1,8 bilhão na economia do Rio de Janeiro

O turismo no Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos deve injetar US$ 1,8 bilhão de dólares na economia da cidade, o equivalente a R$ 5,64 bilhões.

A estimativa é da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur), que prevê a presença de 650 mil turistas brasileiros e 350 mil estrangeiros no período do megaevento.

O turismo no Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos deve injetar US$ 1,8 bilhão de dólares na economia da cidade, o equivalente a R$ 5,64 bilhões. A estimativa é da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur), que prevê a presença de 650 mil turistas brasileiros e 350 mil estrangeiros no período do megaevento.

Na Copa do Mundo de 2014, mais de R$ 4,4 bilhões foram movimentados em 31 dias de competição. No réveillon deste ano, foram gerados US$ 686 milhões (R$ 2,2 bilhões).

O interior do estado recebe 20% do total de turistas que estão na capital por causa dos Jogos Olímpicos. A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-RJ) constatou que, às vésperas da Rio 2016, os hotéis do interior registravam média de 84% de ocupação, sendo que em alguns municípios o percentual ultrapassava os 95%.

Segundo o secretário de Turismo, Nilo Sergio Felix, a região serrana e o litoral estão sendo muito procurados pelos turistas neste período.

"As taxas evidenciam que os municípios do interior estão despontando, cada vez mais, como opções de viagens dos turistas brasileiros e internacionais. Esse enorme fluxo de visitantes nas regiões turísticas vai movimentar a economia", disse o secretário. Agência Brasil

Fonte: Portugal Digital



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/10/2017
Simulador IRS 2018
20/10/2017
Correios de Portugal e do Brasil firmam parceria para potenciar ecommerce entre dois países
20/10/2017
EU Market Access Brazil., edição 52
20/10/2017
Em busca de visto, brasileiros movimentam Consulado de Portugal
18/10/2017
Arbitragem administrativa no Brasil e em Portugal
17/10/2017
Portugal sobe no ranking mundial para investir em imobiliário