home > notícias

MUNDO

16/08/2016

Embratur apresenta novo site para divulgação do Brasil no exterior

O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) apresentou, na Casa Brasil, no Rio de Janeiro, o novo portal Visit Brasil, que tem por objetivo divulgar o potencial turístico brasileiro no exterior.

O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) apresentou hoje (15), na Casa Brasil, o novo portal Visit Brasil, que tem por objetivo divulgar o potencial turístico brasileiro no exterior.

Entre as funcionalidades do site estão a opção de ver todos os estados, o que não existia na versão beta, e as atrações de cada um deles. Também estão disponíveis as opções por roteiros temáticos, como esportes, aventura, ecoturismo, praias e cultura.

Segundo o presidente do instituto, Vinícius Lummertz, o foco da campanha de divulgação no momento está voltado para os países que tiveram a necessidade de visto suspensa pelo governo para o período olímpico: Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália.

"Por conta da retirada dos vistos, o site deu um pulo de 6 mil para 15 mil e foi a 670 mil e agora estabilizou em 65 mil visitantes. À medida que continuarmos com a promoção, promovendo o Brasil, agradecendo ao mundo por ter vindo ao Brasil, o turista vem, deixa o dinheiro e a economia roda. A internet é a forma mais barata de fazer isso. O site segue o modelo dos Estados Unidos, com conexão com estados e municípios, explicando como chegar nas cidades menos conhecidas".

Visitantes

De acordo com Lummertz, a expectativa é de crescimento de 20% de turistas desse países. Por enquanto, não é possível aferir esse incremento por causa dos Jogos Olímpicos, que também atraíram mais visitantes estrangeiros. Segundo ele, no verão a campanha de divulgação na América Latina aumentou em 7% o número de visitantes estrangeiros no Brasil, também favorecido pelo câmbio.

O presidente do Embratur destacou que o país atrai cerca de 6,5 milhões de estrangeiros por ano, que geram receitas de 6,5 bilhões de dólares, o que corresponde ao quinto maior item da balança comercial.

Para Lummertz, o país precisa aproveitar o fim do ciclo de grandes eventos, que começou com os jogos Pan-Americanos, em 2007, e encerra agora com a Olimpíada, para atrair investimentos estrangeiros para fomentar o turismo interno.

Estados Unidos

"Precisamos aumentar o investimento internacional e criar melhores condições para que, na nossa orla, ocorram mais marinas e portos turísticos com investidores brasileiros e internacionais. Precisamos de mais cruzeiros e que nossos parques naturais tenham uma economia com mais visitantes, com menos restrições e com mais equilíbrio ambiental, social e econômico".

Lummertz afirmou que a burocracia para licenças ambientais e a legislação trabalhista atrapalham o desenvolvimento do turismo no país, afastando investidores e cruzeiros internacionais.

"Os Estados Unidos têm 280 milhões de visitantes nos parques naturais. Nós só temos 6 milhões e concentrados nos que tem têm concessão, que têm o serviço privado junto com o Poder Público. Então, existem formas de fazer o turismo acontecer no Brasil, para que o brasileiro viaje mais para o Brasil, que o estrangeiro venha mais para cá. Existem meios e fórmulas, inclusive o site tem isso como objetivo: levar para o mundo todo esse potencial dos vários lugares do Brasil."

Ele informou ainda que a decisão política para atrair esses investimentos está sendo tomada para que o incentivo continue após os grandes eventos. "O turismo pode fazer uma revolução na economia brasileira, tal qual fez a agricultura, com mais efeito urbano, desde que aceleremos". Agência Brasil

Fonte: Portugal Digital



NOTÍCIAS RELACIONADAS
17/08/2017
Portugal vai candidatar-se à organização do europeu de Maratona BTT
15/08/2017
Portugal vai levar 13 atletas aos mundiais
15/08/2017
José Tanganho – o herói do povo que ganhou a Volta a Portugal a cavalo
15/08/2017
Filme português “A morte de Carlos Gardel” terá exibição gratuita em São Paulo
14/08/2017
A Feira dos Frutos está de regresso às Caldas da Rainha [Portugal]
14/08/2017
O mundo surreal dos oleiros prodigiosos [Portugal]