home > notícias

ASSOCIADOS

23/08/2016

EY contrata atletas olímpicas para integrar programa de transição de carreira

A EY (Ernst & Young) anunciou, nesta sexta-feira, a contratação de oito atletas olímpicas de seis países, incluindo o Brasil, que participaram dos Jogos Rio 2016.

O programa faz parte do Women Athletes Business Network (WABN), que tem como objetivo principal auxiliar na transição de carreira das esportistas para o mundo dos negócios.

O WABN Intern Program é mais uma iniciativa significativa da EY de apoio a atletas de alta performance em todo o mundo, visando a construção de uma carreira depois do fim da trajetória esportiva. O contrato prevê um estágio de seis meses na EY, com duração de outubro de 2016 a março de 2017. A ideia é promover a inclusão das atletas selecionadas no ambiente global de atuação da EY, auxiliando no desenvolvimento das habilidades necessárias para garantir uma migração bem-sucedida na carreira.

Segundo Nancy Altobello, vice-presidente global de Recursos Humanos, as atletas olímpicas frequentemente precisam de apoio para uma transição bem-sucedida do esporte para outras carreiras. “O foco, a disciplina, a perseverança e o espírito de equipe que elas possuem são habilidades que podem ser muito bem aproveitadas no mundo dos negócios”, disse.

Para completar o time, foram selecionadas atletas do Brasil, Alemanha, Austrália, Estados Unidos, Grã-Bretanha, e Holanda: Janne Müller-Wielanda, finalista olímpica no hóquei sobre grama; Bronte Barret,  medalha de prata na natação; Kim Brennan, medalha de ouro na canoagem; Isabel Swan, medalha de bronze em Pequim-2008 na vela; Nzingha Prescod da esgrimista; Grace Luczak da canoagem; Olivia Carnegie-Brown, medalha de prata na canoagem; e Wianka van Dorp também da canoagem. A velejadora brasileira, Isabel Swan explicou que durante sua carreira esportiva teve que fazer de tudo um pouco. “Tive que lidar com a parte administrativa, preparar a equipe, correr atrás de patrocínio e competir. Tenho investido muito na minha carreira, e uma das minhas preocupações era ter a oportunidade de usar essas habilidades em um novo ambiente profissional. Estou muito feliz por ter esta chance. Espero encontrar uma nova paixão nos negócios semelhante ao amor que eu tenho pela vela”.

O evento aconteceu no Olympians Reunion Centre da EY, no Clube de Regatas do Flamengo, na Lagoa. Os cliques estão na galeria a seguir!

Fonte: Glamurama



NOTÍCIAS RELACIONADAS
22/08/2017
A inteligência artificial e o seu emprego [McKinsey & Company]
22/08/2017
EDP procura ideias para festival próprio [EDP]
21/08/2017
Descubra quais são os livros que CEOS de sucesso estão lendo [McKinsey & Company]
21/08/2017
InterCement realiza Dia do Bem-Fazer em 16 cidades brasileiras [InterCement]
21/08/2017
O Algarve tem um novo terraço para ver o mar [Tivoli]
21/08/2017
Ataques cibernéticos preocupam empresas brasileiras [EY do Brasil]