home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

08/09/2016

ANA-Aeroportos de Portugal tem nova estratégia digital e lança hoje nova app

A ANA – Aeroportos de Portugal apresentou hoje à imprensa a sua nova app, que estará hoje disponível para download, e o seu novo site, já ativo desde o inicio da semana. Novidades que, como explicou aos jornalistas Carlos Gutierres, responsável do departamento de Não-Aviação da ANA – Aeroportos de Portugal, integram a nova estratégia digital da Vinci para os seus aeroportos. Este é um projeto que arranca em Lisboa e só depois avança para os demais destinos da rede Vinci – Japão, França, Republica Dominicana, Chile e Cambodja.

Mais “rápido e intuitivo”, o novo site da ANA-Aeroportos de Portugal permite ao utilizador o acesso e a reserva de vários serviços em cada aeroporto, o que, segundo Ingrid Lourenço, responsável de Marketing do Departamento de Não-Aviação da ANA – Aeroportos de Portugal, “vem melhorar a experiência do utilizador”. Desde o inicio desta semana, os utilizadores dos aeroportos portugueses já podem assim aceder ao site e usufruir das suas novas ferramentas com destaque para a consulta do “guia do passageiro”, onde estão esclarecidas as dúvidas mais frequentes dos viajantes, relativas a bagagem, segurança, etc; o acesso direto ao check-in das diferentes companhias aéreas; e a reserva de parque de estacionamento, lounge, fast-track e hotel – através do Booking. “Criámos ferramentas para facilitar a vida do passageiro e evitar que ele necessite de visitar várias plataformas”, afirmou Ingrid Lourenço, dando conta que os sites dos diferentes aeroportos estão disponíveis em português, inglês e espanhol, e utilizam agora “um novo tom de voz”, mais próximo do utilizador.
Numa segunda fase, pretende-se, acrescentou Artur Arnedo, responsável da área do digital e telecomunicações do departamento de Não-Aviação da ANA-Aeroportos de Portugal, criar uma área de cliente, o que permitirá trabalhar mais a “personalização” e o lançamento de “ofertas mais direcionadas” a cada utilizador. A melhoria da experiência de viagem em cada destino, através da disponibilização de informações importantes, como são os “pontos de interesse do destino” ou “a localização dos hotspots gratuitos”, é outro dos objetivos da empresa, estando esta já a trabalhar em possíveis parcerias com start-ups de turismo.
Para além de receber alertas sobre eventuais transtornos que possam interferir nas operações do aeroporto, os utilizadores da app têm a opção de “seguir” os seus voos, o que lhes garante a “atualização constante” da informação sobre os mesmos. Outra das vantagens da utilização deste device é que o preenchimento dos seus dados pessoais para reservas é apenas solicitado na primeira utilização. Segundo os responsáveis, “o site está pensado para a procura de informação”, enquanto que a app deve ser utilizada já durante a viagem.

Fonte: Ambitur



NOTÍCIAS RELACIONADAS
07/11/2017
António Costa: “Portugal é um ótimo sítio para investir”
07/11/2017
Investimento imobiliário em Portugal reforçado por mais 12 meses
07/11/2017
Há um ano foram ao Web Summit. O que é feito destas startups?
07/11/2017
Governo adota campanha “fortíssima” para atrair Agência do Medicamento
06/11/2017
É mais barato fazer faculdade em Portugal ou no Brasil?
06/11/2017
Organização da Web Summit está “convencida” a ficar em Portugal, diz Ana Lehman