home > notícias

MUNDO

09/09/2016

Governo de SP lança rota trekking com 92 quilômetros

Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Turismo, lançou um roteiro de 92 quilômetros que pode ser realizado a pé ou de bicicleta pelas cidades do Vale Histórico Paulista. Apelidada de Caminho da Bocaina, a iniciativa é definida como uma espécie de peregrinação da natureza, já que atravessa o Parque Nacional da Serra do Bocaina, o maior do sudeste brasileiro.
O percurso, que vai de oeste a leste, começa em Silveira e termina em Bananal, na divisa com o Rio de Janeiro. Durante o trajeto, o aventureiro passará por diversos destinos interligados ao parque da Bocaina como, por exemplo, Areias, São José do Barreiro e Arapeí.
É nesse parque que está o maior pico do Estado de São Paulo, conhecido como Pico Tira Chapéu, a mais de dois mil metros de altura. De lá, é possível avistar as cidades do Vale do Paraíba, toda cordilheira da Serra da Mantiqueira, além da baía de Paraty, no Rio de Janeiro.
Rico em biodiversidade, com direito a cobras, insetos, macacos e onça, o circuito Caminho da Bocaina será organizado pelo Instituto Natureza e poderá ser realizado em cinco dias a pé ou em três dias de bicicleta. A rota também foi pensada para o treinamento de pessoas interessadas em percorrer o Caminho de Santiago de Compostela na Espanha. Apesar não ter cunho religioso, o percurso brasileiro é bastante parecido com a proposta espanhola.
“A proposta é oferecer um intercâmbio cultural, um dos atrativos no percurso. A vida rural é muito presente entre os moradores da Serra da Bocaina. Refeições e hospedagem na casa dos 'bocaneiros' permitirão muitas horas de história e a experiência de viver o modo de vida diferente do cotidiano das cidades”, argumentou o prefeito de São José do Barreiro, José Milton Serafim.
“Será possível levar as memórias do local por meio do artesanato, doces, queijos dentre outros. Aventura, autoconhecimento, cultura e natureza exuberante é o que o Caminho da Bocaina oferece”, completou Serafim, que trabalhou ao lado de Carolina Luchini como guia turístico para consolidar o projeto. O diretor técnico da Secretaria de Estado do Turismo, Vanilson Fickert, também fez parte da idealização.

Fonte: PanRotas



NOTÍCIAS RELACIONADAS
13/06/2018
Encontro de Negócios da Língua Portuguesa vai reunir empresários em Brasília
13/06/2018
Miguel Araújo e Marcelo Jeneci celebram laços entre Portugal e Brasil em show gratuito
13/06/2018
Brasil é o país mais buscado para intercâmbios culturais
13/06/2018
Consulado Geral de Portugal lança reedição do livro “Arte de Cosinha”, clássico do século XIX
13/06/2018
Portugal recebe pela primeira vez, em julho e agosto, reunião magna de esperantistas
12/06/2018
Exposição itinerante do Museu da Língua Portuguesa do Brasil em Luanda