home > notícias

MUNDO

12/09/2016

Bienal S. Paulo. Cinco artistas portugueses na 'Incerteza viva'

Cinco artistas portugueses - Carla Filipe, Gabriel Abrantes, Lourdes Castro, Priscila Fernandes e Grada Kilomba - participam na 32.' Bienal de Artes de S. Paulo, no Brasil, que abriu ontem ao público sob o tema "Incerteza viva", com curadoria de lochen Volz e de Lars Bang Larsen.

 

Os cinco artistas têm ainda, desde ontem, obras expostas no Consulado de Portugal. A exposição intitula-se "O Futuro será uma réplica" e apresenta: filmes de Gabriel Abrantes; livros de Lourdes Castro; "Imagens sangradas", de Carla Filipe: a performance "Jardim da Gozolândia", de Priscila Fernandes; e a exibição da obra "Plantation Memories - Staged Reading", de Grada Kilomba.
A bienal de S. Paulo vai até 11 de dezembro e conta, num cartaz paralelo, com outra exposição de 270 obras de 40 artistas portugueses, intitulada "Portugal, Portugueses - Arte Contemporânea".
Gabriel Abrantes, cineasta de 32 anos, é um dos artistas em S. Paulo

Fonte: Jornal de Notícias



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/04/2018
Portugal vai ter este ano 640 praias aprovadas para banhos, mais 99 face a 2017
20/04/2018
Vinte escritores de língua portuguesa no VIII encontro na cidade da Praia
20/04/2018
Dias da música podem ser os últimos da Orquestra de Câmara Portuguesa e dos seus projetos
19/04/2018
Portugal entre os países com mais liberdade do mundo
19/04/2018
Corrida da Mulher junta anónimas e atletas de elite na luta contra o cancro da mama [Portugal]
18/04/2018
Consulado de Portugal em São Paulo leva ao Brasil a primeira exposição de Nuno Sousa Vieira