home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

15/09/2016

Projetos empresariais do Portugal 2020 vão criar 23 mil postos de trabalho

Cerca de 5000 projetos vão criar 7.200 postos de trabalho qualificados.

As candidaturas de projetos empresariais aos fundos do Portugal 2020 já aprovadas, ou a aprovar “nos próximos meses”, pelo Executivo vão permitir criar cerca de 23 000 postos de trabalho.

A estimativa foi apresentada esta quarta-feira pelo ministro do Planeamento e Infraestrutura, a quem cabe a tutela da gestão global dos fundos europeus, que fala ainda de um impacto de 6.300 milhões de euros nas exportações portuguesas. Em causa estarão cerca de 5 000 projetos.

“Nos projetos já contratualizados, ou que esperamos contratualizar em breve, tem um valor global de 23 mil postos de trabalho ao longo da execução dos projetos. É significativo”, afirmou Pedro Marques, sublinhando ainda que estes projetos “têm uma componente forte de emprego qualificado”. Nas contas do Executivo, cerca de 1/3 dos 23 mil postos de trabalho representam emprego qualificado.

Esta informação é baseada nas candidaturas apresentadas considerando que a criação de emprego é um dos critérios que é avaliado na apreciação da candidatura. Além disso, a estimativa do Executivo é que este valor possa aumentar durante a implementação dos projetos dado que “há uma parcela que pode passar a fundo perdido se criarem ainda mais postos de trabalho”, acrescenta fonte do ministério.

Fonte: Portugal Global



NOTÍCIAS RELACIONADAS
24/04/2018
Vitalidade do sistema político tem sido preocupação do Presidente da República
24/04/2018
PSI20 sobe 0,30% em linha com ganhos das bolsas europeias
24/04/2018
Governo quer “com urgência” aumentar a oferta no arrendamento e desafia proprietários
20/04/2018
Presidente da República quer finanças públicas saudáveis “ao serviço das pessoas”
20/04/2018
Portugal foi exemplar nas reformas que permitem crescimento atual
20/04/2018
Human Rights Watch elogia Portugal por vencer a crise sem rejeitar a democracia