home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

20/09/2016

Parceria entre lojas online e startup gera cashback para consumidores

Empresa criada em 2012 recompensa clientes após compras online

Cashback significa dinheiro de volta. E é exatamente isso que o sistema de cashback faz: devolve parte dinheiro de uma compra online para o consumidor. A prática já é famosa e bastante utilizada na Europa e nos Estados Unidos.
O sistema funciona de maneira bem simples: tudo começa com uma parceria entre a startup Poup , especializada em cashback, e as lojas online. O objetivo é aumentar o tráfego - e as vendas - no site da loja online. Dessa maneira, quando o cliente cadastrado na Poup visita a loja através de um link específico (e monitorado) e faz uma compra, a Poup ganha comissão. Essa, por sua vez, divide a comissão com o consumidor, gerando vantagens para todas as partes.
"Até 15% do valor total pode voltar para o consumidor final, dependendo do segmento", explica Gustavo Gorenstein, fundador da startup brasileira, que também oferece cupons de desconto para mais de 100 lojas online. Nomes como Saraiva, Centauro, Submarino, Casas Bahia, Ricardo Eletro, Dafiti e Decolar.com já fazem parte do portfólio de lojas parceiras da Poup. Consulte em poup.com.br/todas.
Para cashback funcionar, consumidor deve seguir passos na hora da compra
Para que o link da Poup seja rastreado a empresa seja bonificada (e repasse uma porcentagem ao consumidor), alguns cuidados precisam ser tomados. Por exemplo, é preciso ser cadastrado e acessar, primeiro, o site da Poup. Em seguida, clicar no link da loja para ser direcionado.
Ao entrar na loja, o carrinho de compras deve estar vazio. Também é recomendado que o processo seja feito de uma vez, sem abrir novas janelas e sem navegar em outros sites enquanto compra. Se todos os passos forem seguidos, a Poup é bonificada pela loja online, assim como o consumidor final pela startup.

Como acompanhar processo de cashback
Ao se cadastrar na Poup, o cliente cria um login e senha. Após fazer as compras seguindo o passo a passo indicado acima, ele poderá consultar o status de seu cashback pelo próprio site da Poup - basta estar logado. Vale lembrar que o saldo demora alguns dias para aparecer na área do cliente. "A loja tem 7 dias para nos avisar se a compra foi concluída com sucesso", conta Gorenstein.
Motivos como recusa do cartão, não pagamento do boleto ou até erros no rastreio podem acontecer, embora não sejam a maioria dos casos segundo o fundador da startup. Após esse período, a compra constará na área do cliente. E o mesmo também receberá e-mails da empresa alertando para a mudança do status.
Para o dinheiro ser liberado, há ainda outro prazo: 60 dias para a loja pagar a Poup. Apenas após esse período o consumidor receberá seu crédito. "Para sacar, o consumidor precisa ter R$ 30 de créditos acumulados, no mínimo", diz Gorenstein. Assim, quanto mais compras fizer usando o intermédio da Poup, mais ganhará de volta em menos tempo.
O saque pode ser feito pela conta bancária ou pelo Paypal.

Consumidor pode consultar valor de cashback antes de comprar
No site da Poup, em cada oferta ou link de loja, o consumidor tem acesso ao valor possível de cashback. Assim, não faz a compra no escuro - já sabe que será bonificado e a média de quanto receberá.
Segmentos como moda (roupas, acessórios e calçados) pagam até 15% de cashback, dependendo do produto. Passagens aéreas pagam até 0,5%. Mas a média de cashback fica em 5%, pago pela maioria das lojas.

Cupons de desconto também ajudam na economia
"Para economizar, antes de comprar online, sempre procure por ofertas e cupons de desconto da loja", indica. "Além do cashback, a Poup oferece ofertas e cupons vantajosos para economizar na hora da compra", acrescenta Gorenstein.
São ofertas e cupons de descontos com até 350% off. Mas para isso, é preciso usar o código disponibilizado no site da startup ou clicar no link que lá se encontra para ver as promoções.

Fonte: Terra Notícias



NOTÍCIAS RELACIONADAS
24/05/2017
Portugal capta maior valor de investimento direto estrangeiro dos últimos 20 anos - Estudo
24/05/2017
Vão abrir mais de 80 hotéis em Portugal até 2018
24/05/2017
XII Encontro entre a China e os Países de Língua Portuguesa
22/05/2017
Depois da China, o Brasil é o país que mais investe nos vistos gold em Portugal
22/05/2017
Brasileiros podem se candidatar a vagas de concursos em Portugal
22/05/2017
Portugal tem carros ligeiros de mercadorias novos com menos emissões na Europa - Zero