home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

21/10/2016

O mar, os negócios e a competitividade

A vocação atlântica sempre esteve presente mas, mais do que nunca, é preciso percebê-la e aproveitá-la de forma racional. Ter mais espaço territorial nada significa se não for convenientemente explorado.

A economia do mar, ou economia azul, vale 8 mil milhões de euros, cer­ca de 3,1% do PD3 e, esta semana, Mi­guel Albuquerque, o presidente do Go­verno Regional da Madeira, voltou -num evento do ICPT - a ligar o mar e o Atlântico ao desenvolvimento do paíse á competitividade. Também recente­mente o secretário de Estado da tute­la, José Apolinário fala em economia azul e nos três grandes vetores e que para além da própria economia, en­volve a soberania e o conhecimento. Mas o que está em causa?

Consulte o artigo.

Fonte: Portugal Global



NOTÍCIAS RELACIONADAS
12/06/2018
Exportação de soja do Brasil para a China bate recorde [Brasil]
12/06/2018
Jurista portuguesa vai liderar sistema das Nações Unidas em Cabo Verde [Portugal]
12/06/2018
Empresários portugueses poderão ter papel importante no turismo da Guiné-Bissau [Portugal]
12/06/2018
Aéreas reportam crescimento da demanda em maio, mesmo com impactos da greve [Brasil]
12/06/2018
Agronegócio sustenta protagonismo na economia brasileira [Brasil]
11/06/2018
Costa lança programa MIT Portugal até 2030 virado para a inteligência artificial [Portugal]