home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

04/11/2016

Organização do Web Summit regista 7,787 participantes portugueses

A organização da Web Summit contabilizou 7.787 participantes portugueses, o que torna os naturais da 'casa' como líderes do 'top' de nacionalidades presente na conferência mundial de tecnologia e inovação, a decorrer para a semana, em Lisboa.

Entre 07 e 10 de novembro vão estar em Lisboa representantes de 166 países, territórios e regiões, com a organização a contabilizar até ao momento 7.787 lusos, numa lista que inclui ainda 7.486 inscrições do Reino Unido, 4.175 da Alemanha e 4.058 da Irlanda.

Dos Estados Unidos são esperados 3.764 participantes, enquanto o número de franceses deve ultrapassar os 2.000 (2007).

O 'top' das principais nacionalidades inclui ainda a Holanda (1.942), Polónia (1.314), Dinamarca (1.275), Suíça (1.253), Espanha (1.155) e Itália (1.126).

Entre os países de língua portuguesa conta-se o Brasil (627), Moçambique (26), Angola (24), Cabo Verde (4) e São Tomé e Príncipe (2).

Atualmente, a lista garante que nenhuma das nacionalidades terá apenas um representante, pelo que contam-se duas pessoas de locais remotos, em relação a Portugal, como Burkina Faso, Quirguistão, ilhas Falkland, Mongólia, Antártica ou da Síria.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia, inovação e empreendedorismo que decorrerá este ano em Lisboa (e nos dois anos seguintes, com possibilidade de mais dois anos), onde são aguardados mais de 50.000 participantes, de mais de 165 países, incluindo mais de 20.000 empresas, 7.000 presidentes executivos, 700 investidores e 2.000 jornalistas internacionais.

Entre os oradores, estarão os fundadores e presidentes executivos das maiores empresas de tecnologia, bem como importantes personalidades das áreas de desporto, moda e música.

Fonte: Noticias ao Minuto

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
24/03/2017
Os melhores restaurantes secretos de Lisboa
24/03/2017
Busca por qualidade e bons preços leva turismo médico a crescer 25% ao ano
22/03/2017
PORTUGAL É «UMA BOA PORTA DE ENTRADA PARA A EUROPA E UMA PONTE PARA EXPORTAR E INVESTIR NOUTROS MERCADOS»
22/03/2017
Porto supera Lisboa como distrito com maior procura imobiliária
21/03/2017
O Brasil nunca esteve tão apaixonado por Portugal
21/03/2017
Um paralelo entre os impostos sobre os serviços de Brasil e Portugal