home > notícias

ASSOCIADOS

09/11/2016

Sonae Sierra Brasil apresenta receita líquida de R$ 83,4 milhões no 3T16

• O aluguel nas mesmas lojas (SSR) registrou crescimento de 4,7% no 3T16

• A taxa de ocupação do portfólio maduro registrou novo crescimento, alcançando 98,4% no período

• As vendas dos lojistas cresceu 1,2% no 3T16, apresentando sinais positivos de recuperação

• As vendas nas mesmas lojas (SSS) registraram crescimento de 0,3% no período, sendo o terceiro trimestre consecutivo de melhoria do índice

 

A Sonae Sierra Brasil S.A. (BM&FBovespa: SSBR3), uma das maiores incorporadoras, proprietárias e administradoras de shopping centers do Brasil, anuncia seus resultados referentes ao terceiro trimestre de 2016 (3T16).

A receita líquida da companhia totalizou R$ 83,4 milhões no 3T16, praticamente em linha com o resultado apresentado no mesmo período do ano anterior. No acumulado dos nove meses do ano, a receita líquida consolidada registrou crescimento de 1,9%, atingindo R$ 249,2 milhões. No período, o EBITDA atingiu R$ 56,1 milhões e, no acumulado de 2016, totalizou R$ 173,2 milhões, crescendo 0,4% sobre o 9M15.

O aluguel nas mesmas lojas (SSR) apresentou crescimento no trimestre, com um aumento de 4,7% em comparação com o mesmo período de 2015. As taxas de ocupação no portfólio geral e maduro também apresentaram aumento significativo nos últimos três meses, fechando o trimestre em 94,8% e 98,4%, respectivamente, lideradas pelo expressivo aumento da ocupação do Passeio das Águas Shopping.

De acordo com José Baeta Tomás, CEO da Sonae Sierra Brasil, o terceiro trimestre de 2016, apesar de ainda fortemente impactado pela crise econômica, parece apresentar uma inflexão na tendência de contração da atividade que tem caracterizado os últimos anos.  Os esforços em apoiar o progresso dos lojistas e tornar as operações cada vez mais eficientes já começam a mostrar resultados.

“As vendas dos lojistas em nossos shoppings cresceram 1,2%, totalizando R$ 1,1 bilhão no trimestre. Ao mesmo tempo, as vendas nas mesmas lojas registraram seu primeiro trimestre com crescimento após doze meses com dados negativos. As ações da equipe comercial seguiram focadas e o trimestre encerrou com 95 novas propostas de aluguel aprovadas, um forte aumento de 67% em comparação com o mesmo período de 2015. Todos esses indicadores, acompanhados da retomada econômica, nos deixam mais otimistas com relação a nosso futuro”, diz o executivo.                                                                                  

O presidente ressalta os avanços nas negociações para a venda de dois terrenos adjacentes ao Uberlândia Shopping, que deverá totalizar aproximadamente R$ 11 milhões, com conclusão prevista para os próximos meses. No local serão construídos um hotel e duas torres residenciais, o que ajudará a incrementar o fluxo de visitantes na área de influência primária do shopping. “Nossos esforços para aumentar as áreas de influência de nossos shoppings têm dado retorno com o progresso no planejamento e a comercialização de terrenos adjacentes aos shoppings Uberlândia, Passeio das Águas e Franca, onde novos projetos multiúso serão desenvolvidos nos próximos anos. Ao mesmo tempo, os estudos e a aprovação do masterplan do Parque D. Pedro junto ao poder público têm progredido”, afirma Tomás.

O executivo ainda destaca os sinais de recuperação que o cenário macroeconômico começa a demostrar, como a desaceleração da inflação e cortes na taxa Selic pelo Banco Central. Essas indicações apoiam a convicção de que as condições macro serão significativamente melhores no curto prazo, devendo alavancar o desempenho do varejo e do setor de shopping centers. A Sonae Sierra Brasil continua focada na melhoria contínua de suas operações, como, por exemplo, na nova ala de restaurantes do Parque D. Pedro e na atualização de mix de lojas do Plaza Sul. “Temos certeza de que a resiliência de nosso portfólio continuará nos dando sustentação para enfrentarmos o desafiador macrocenário no curto prazo. Ao mesmo tempo, estamos nos preparando para executar nossa estratégia, retomando nossa história de  crescimento para continuar criando valor no longo prazo para nossos stakeholders”, finaliza o presidente.

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
07/11/2017
Comissário Carlos Moedas antecipa uma "revolução" na indústria de pagamentos bancários [Roland Berger]
07/11/2017
Lucro da EDP aumenta 86% para 1.147 milhões nos primeiros nove meses do ano [EDP]
07/11/2017
EDP Espírito Santo promoveu oficina de grafite e rimas em Guarapari [EDP]
07/11/2017
Franco | Advogados anuncia expansão no atendimento Penal [Franco Advogados]
06/11/2017
Instituto Tomie Ohtake apresenta exposição com as obras dos vencedores EDP nas artes [EDP]
06/11/2017
Medida Provisória nº 806/17: Instituição de Tributação de Fundos de Investimento Fechados e Alterações na Sistemática de Tributação de Outros Fundos [CPBS]