home > notícias

MUNDO

09/11/2016

Museu de Arte Antiga vai receber mais três vigilantes este ano

O Museu Nacional de Arte Antiga vai receber mais três vigilantes este ano, e serão lançados concursos em 2017 para preencher mais 37 vagas nos espaços tutelados pela Direção Geral do Património Cultural, anunciou hoje o Ministério da Cultura.

Contactada pela agência Lusa sobre as necessidades de vigilância nos museus nacionais, na sequência do acidente ocorrido domingo com a danificação de uma peça no Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), fonte do gabinete do ministro Luís Filipe Castro Mendes, disse que o reforço "está em curso".

"Estes procedimentos concursais já estavam previstos e nada têm a ver com o acidente no Museu de Arte Antiga, que foi um caso de exceção", acrescentou a mesma fonte.

A Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) tutela 23 monumentos, palácios e museus do país, "que recebem milhares de visitantes, e até domingo nunca houve registo de um acidente semelhante".

"Estes concursos têm a ver com a reposição da capacidade operacional das estruturas da cultura, que é um dos objetivos deste Governo", vincou o gabinete do ministro, acrescentando que o MNAA "é o museu nacional que mais vigilantes tem -- 38 - e vai passar a ter 41".

Na segunda-feira, o MNAA anunciou que será constituída uma equipa multidisciplinar para a recuperação da estátua do "Arcanjo São Miguel", e tratar "fraturas, ruturas, deslocamentos e perdas pontuais da camada de acabamento policromo".

Ainda no domingo, quando o acidente aconteceu, o Ministério da Cultura anunciou que a DGPC "vai avaliar em detalhes os danos e a necessidade de alterar a musealização da exposição, que foi inaugurada este verão, por forma a prevenir acidentes".

Questionada hoje sobre a necessidade de revisão das regras de criação dos percursos expositivos dos museus, o gabinete do ministro indicou que "não está prevista" e que "sempre que são criados os projetos as questões de segurança são acauteladas".

"Este infortúnio veio chamar a atenção para estas questões", apontou ainda o gabinete do ministro, acrescentando que a situação no MNAA "está a ser avaliada".

Fonte: Noticias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/04/2018
Portugal vai ter este ano 640 praias aprovadas para banhos, mais 99 face a 2017
20/04/2018
Vinte escritores de língua portuguesa no VIII encontro na cidade da Praia
20/04/2018
Dias da música podem ser os últimos da Orquestra de Câmara Portuguesa e dos seus projetos
19/04/2018
Portugal entre os países com mais liberdade do mundo
19/04/2018
Corrida da Mulher junta anónimas e atletas de elite na luta contra o cancro da mama [Portugal]
18/04/2018
Consulado de Portugal em São Paulo leva ao Brasil a primeira exposição de Nuno Sousa Vieira