home > notícias

ASSOCIADOS

14/11/2016

Faturação dos negócios de moda da Sonae cresce 51,5% no terceiro trimestre

A Sonae, multinacional que opera nos setores de comércio retalhista, centros comerciais, telecomunicações e tecnologia, alcançou um forte crescimento de vendas e resultados no terceiro trimestre de 2016, com um volume de negócios que aumentou 10,7%, ascendendo aos 1.451 milhões de euros.

O resultado líquido atribuível aos acionistas aumentou 34,5%, chegando aos 61 milhões de euros. Esta evolução é, segundo avalia o próprio grupo português, fruto da estratégia de reforço das posições competitivas das suas áreas de negócio, de um crescimento da sua presença global, de uma diversificação dos estilos de investimento e do aprimoramento dos seus negócios e ativos.
 
Nos nove primeiros meses do ano, o investimento realizado aumentou de 171 para 293 milhões de euros graças a todos os negócios da Sonae em plena expansão das suas atividades, incluindo telecomunicações, retalho alimentar e especializado, e ao reforço da sua presença global, em linha com a estratégia de diversificação dos estilos de investimento.
 
No segmento de moda e desporto, que integra as marcas Sport Zone (equipamentos e roupa desportiva) Mo (moda), Zippy (moda infantil), Berg Outdoor (desportes ao ar livre) e Deeply (surf e lifestyle), assim como as marcas adquiridas Losan, especializada na venda de vestuário infantil por grosso, e Salsa, prestigiosa marca de jeanswear, o volume de negócios aumentou 51,5%, ascendendo aos 164 milhões de euros.
 
O grupo beneficiou das contas positivas da Zippy e da Sport Zone, mas também do fortalecimento dos resultados por parte da Losan e da Salsa. Ambas as marcas contam com uma forte presença global, bem como com um belo histórico de resultados, trazendo assim um contributo para reforçar os negócios do segmento.
 
Nos centros comerciais, a Sonae Sierra seguiu trazendo crescimento. Nos nove primeiros meses do ano, as vendas das lojas Na Europa cresceram 2,5%, indo a 2.286 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 3,3% em base comparativa de lojas, e as taxas de ocupação cresceram 1,1 ponto percentual para 97,1%.
 
No Brasil, as vendas das lojas cresceram 0,4% em base comparativa de lojas, recuperando a tendência de evolução positiva. Vale destacar que, apesar do ambiente macroeconómico desafiador desses últimos tempos, as taxas de ocupação manifestaram uma ligeira melhoria.
 
A Sonae Sierra colocou em marcha sua estratégia de reciclagem de capital que consiste em limitar sua presença àqueles centros comerciais mais estáveis e reinvestir no desenvolvimento de outros. O ParkLake foi inaugurado a 1.º de setembro de 2016, tratando-se do primeiro projeto da Sonae Sierra nascido e desenvolvido desde os inícios em Roménia.
 
O novo centro comercial representa um investimento de 180 milhões e engloba mais de 200 lojas espalhadas pelos 70.000 metros quadrados de superfície, com seus resultados a superar as expetativas. Vale destacar ainda que a Sonae Sierra possui cinco projetos em andamento em Nuremberga (Alemanha), Zenata (Marrocos), Málaga Designer Outlet (Espanha), Cúcuta (Colômbia) e a ampliação do NorteShopping (Portugal).

Fonte: Fashion Network



NOTÍCIAS RELACIONADAS
28/04/2017
Sonae Sierra vence 3 Prémios Europeus pelo desenvolvimento do Centro Comercial ParkLake
28/04/2017
Tomi recebe Ouro em competição internacional
28/04/2017
Casa Santa Luzia automatiza gestão e reduz ruptura de estoque a 3% com RMS by TOTVS
28/04/2017
Imobiliário português em missão de 'charme'
27/04/2017
EDP Live Bands Brasil’17 divulga as oito bandas finalistas
27/04/2017
Brasil fecha acordo para desenvolver o Plano Nacional de Internet das Coisas