home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

22/11/2016

Embaixador de Portugal propõe ao MCTIC o fortalecimento da cooperação científica

O ministro Gilberto Kassab reafirmou o compromisso e o entusiasmo na parceria entre Brasil e Portugal, que inclui a participação de cientistas brasileiros no Centro de Pesquisa Internacional dos Açores.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, recebeu nesta quinta-feira (11) o embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Cabral. Recém-chegado ao país, esta é a primeira vez que o embaixador visita o ministério. Na audiência, Jorge Cabral enfatizou que o MCTIC é, no governo brasileiro, a pasta que mais possui projetos de cooperação com Portugal e se colocou à disposição para fortalecer a parceria.

O ministro Kassab reforçou ao embaixador o forte compromisso do MCTIC em estreitar as relações com Portugal. "Estamos totalmente engajados em dar sequência, aprofundar e fortalecer todos os nossos projetos e parcerias", disse. "Estamos entusiasmados em consolidar os laços entre os países na áreas de inovação, pesquisa, tecnologia e comunicações, com a devida atenção que os temas merecem."

Nesta quarta-feira (16), Kassab assinou com o governo português um convênio para internacionalizar as startups brasileiras.

Ainda em novembro, Brasil e Portugal assinaram, em cerimônia no Palácio do Planalto, memorandos para intensificar a cooperação bilateral. Os acordos incluem o Centro de Pesquisa Internacional dos Açores (AIR Center, na sigla em inglês), que terá a participação brasileira para impulsionar as pesquisas nas áreas espacial e marinha. A solenidade foi realizada no âmbito da Cimeira Brasil-Portugal com a participação do presidente Michel Temer e do primeiro-ministro de Portugal, Antônio Costa.

Os acordos assinados entre os dois países preveem ainda o intercâmbio científico em física de partículas, astropartículas e cosmologia; o fortalecimento da cooperação em computação científica e nanociências por meio da parceria entre instituições de pesquisa; sistemas sustentáveis de energia e mobilidade, incluindo fontes de combustíveis e energias renováveis, redes inteligentes de energia e formas inovadoras de mobilidade urbana de baixa emissão de carbono; atividades de divulgação e popularização da ciência; cooperação em ciência aberta, ampliando o acesso a repositórios digitais brasileiros e portugueses; e a pesquisa em agricultura de precisão.

Proximidade

No começo de novembro, o ministro Kassab se reuniu com o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Manuel Heitor, e definiram os próximos passos da parceria em torno do Centro de Pesquisa Internacional dos Açores (AIR Center, na sigla em inglês), ao acertar um encontro acadêmico e empresarial na própria ilha.

Na ocasião, ainda foi proposta a realização da 1º Semana de Ciência Brasil-Portugal, com lançamento planejado para junho, no Brasil. Os ministros se encontraram pela primeira vez em 5 de setembro, em São Paulo, para celebrar os 30 anos do acordo bilateral em ciência e tecnologia. Na ocasião, a delegação portuguesa apresentou o projeto do AIR Center a representantes da Agência Espacial Brasileira (AEB), em Brasília, e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos. De localização geográfica estratégica, o centro de pesquisa tem infraestrutura para abrigar uma base espacial, instalações para medição de radiação atmosférica e um departamento de oceanografia e pesca.

Fonte: MCTI



NOTÍCIAS RELACIONADAS
25/07/2017
Unesco distingue cientistas do Brasil e de Portugal
24/07/2017
Portugal vai ter o "maior crescimento económico de todo o século XXI"
24/07/2017
Que Portugal saiu da primeira Web Summit?
20/07/2017
Investimento imobiliário em Portugal pode atingir "recorde histórico"
19/07/2017
Quer trabalhar no estrangeiro? INOV Contacto lança 250 estágios remunerados lá fora
19/07/2017
'Portugal vai crescer e nenhum fator político impedirá esse crescimento'