home > notícias

MUNDO

28/11/2016

Animação de Filipe Abranches vence Grande Prémio do festival de cinema

A animação 'Chatear-me-ia Morrer Tão Joveeeeeeem?', de Filipe Abranches, venceu o Grande Prémio do festival de cinema Caminhos, em Coimbra, onde 'Cartas de Guerra', de Ivo M. Ferreira, foi um dos filmes mais premiados.

A animação de 16 minutos venceu o Grande Prémio da 22.ª edição deste festival dedicado ao cinema português "pela atualidade e pertinência do tema e originalidade do traço do seu ator", informou à agência Lusa a organização do Caminhos.

O filme 'Cartas de Guerra', em que Ivo M. Ferreira aborda a Guerra Colonial a partir da correspondência entre o escritor António Lobo Antunes e a sua primeira mulher, Maria José, quando esteve destacado em Angola, foi uma das obras que mais prémios arrecadou.

O filme recebeu o galardão de melhor longa-metragem "pela recriação poética, literária e humana do avassalador passado colonial português", assim como os prémios de melhor argumento adaptado, melhor som, melhor montagem e melhor fotografia.

Rita Azevedo Gomes, pela "originalidade da abordagem ao universo da poesia portuguesa" em 'Correspondências', foi considerada a melhor realizadora do festival e Leonor Teles arrecadou o prémio revelação.

De acordo com a organização, o prémio de melhor documentário foi para 'Eldorado', de Rui Eduardo Abreu, Thierry Besseling e Loïc Tanson, melhor animação para 'Estilhaços', de José Miguel Ribeiro, melhor curta-metragem para 'Campo de Víboras', de Cristele Alves Meira, e melhor argumento original para 'John From', de João Nicolau e Mariana Ricardo.

O filme 'Zeus', de Paulo Filipe Monteiro, arrecadou quatro prémios: melhor ator (atribuído a Sinde Filipe), melhor ator secundário (Miguel Cunha), melhor caracterização e melhor guarda-roupa.

Ana Padrão foi considerada a melhor atriz pela prestação em 'Campo de Víboras' e Elizabete Piecho a melhor atriz secundária em 'O Pecado de Quem nos Ama'.

O júri da Selecção Caminhos foi constituído por Rita Salema, Paulo Peralta, João Tordo, Luís Gaspar, Teresa Tavares e Margarida Leitão.

O filme de Filipe Abranches sucede ao documentário 'Irmãos', do realizador Pedro Magano, que venceu o prémio em 2015.

O festival dedicado ao cinema português que arrancou a 19 de novembro em Coimbra, contou com 50 filmes na competição principal e 77 na seleção de filmes criados em ambiente escolar, que foram exibidos este ano em Leiria.

Ao todo, o festival de cinema Caminhos contou com 79 horas de programação, exibindo curtas, documentários, longas e animações, a maioria de produção nacional.

A cerimónia de entrega dos prémios decorre hoje, pelas 21:45, no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), em Coimbra.

O prémio do público será apenas divulgado na cerimónia.

Fonte: Noticias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
28/06/2017
Shakira em Portugal a 22 de novembro
28/06/2017
Embaixada de Portugal em Brasília recebe recital de poesia
28/06/2017
"Portugal é a melhor equipa" na Taça das Confederações
27/06/2017
Ilhas entre os destinos preferidos dos portugueses
27/06/2017
Brasília acolhe ciclo de música sinfônica portuguesa
27/06/2017
Volta a Portugal 2017 começa em Lisboa e termina em Viseu