home > notícias

ASSOCIADOS

09/12/2016

TAP é eleita melhor companhia aérea da Europa pela revista Global Traveler

A revista norte-americana Global Traveler premiou a TAP como a “Melhor Companhia Aérea na Europa” e “Melhor Lançamento de Nova Rota (Boston-Lisboa)”. O reconhecimento foi dado na 13ª edição da GT Tested Reader Survey.

Esta publicação divulga todos os anos, em dezembro, o resultado de um inquérito realizado com 22 mil leitores. Eles são convidados a escolher as melhores companhias aéreas, hotéis, programas de fidelização e outros produtos relacionados com viagens, em mais de 80 categorias.

Os leitores da Global Traveler são passageiros frequentes, que realizam em média, por ano, 13 viagens internacionais de ida-e-volta. E 13 viagens no mercado doméstico dos Estados Unidos. A experiência enquanto clientes dita as escolhas e determina quais as melhores empresas ou produtos nas diferentes categorias em avaliação.

“Para a TAP, estar entre as melhores, numa seleção que é feita por passageiros frequentes, é um grande motivo de satisfação. Dá-nos motivação para continuar a apostar num serviço de qualidade, que ofereça cada vez mais motivos para merecer a preferência dos nossos passageiros”, afirmou Fernando Pinto, presidente executivo da TAP.

Os prêmios da Global Traveler serão entregues numa cerimónia em Los Angeles, no próximo dia 13 de dezembro. Mais informação disponível no site da Global Traveler: www.globaltravelerusa.com/global-traveler-announces-13th-annual-gt-tested-reader-survey-awards/

Fonte: http://diariodoturismo.com.br/35441-2/



NOTÍCIAS RELACIONADAS
23/04/2018
Mattos Filho é reconhecido pelo Latin Lawyer em cerimônia do Deal of the Year Awards [Mattos Filho]
19/04/2018
Mota-Engil investe 250 ME este ano sobretudo na EGF e em África [Mota-Engil]
19/04/2018
Imposto de Renda: Penalidade para entrega em atraso [Master Consultores]
18/04/2018
Três em um [ABPSL]
18/04/2018
Tivoli Mofarrej São Paulo recebe obra do escultor Israel Kislansky [Tivoli]
17/04/2018
Grandes consultorias entram cautelosamente no mercado de ICOs [PwC e EY]