home > notícias

ASSOCIADOS

12/12/2016

EDP patrocina restauração do Museu da Língua Portuguesa

O grupo EDP investirá R$ 20 milhões nas obras de recuperação do histórico edifício em São Paulo que alberga o Museu da Língua Portuguesa e que em dezembro de 2015 foi parcialmente destruído por um incêndio.

A EDP Brasil e o governo do Estado de São Paulo irão esta segunda-feira firmar uma parceria para a restauração do Museu da Língua Portuguesa, que financiará a recuperação do edifício, parcialmente destruído por um incêndio em dezembro do ano passado.

A parceria conta com o patrocínio da EDP Brasil, que investirá R$ 20 milhões nas obras de restauração do Museu da Língua Portuguesa. O termo de compromisso para o projeto é assinado esta manhã no Palácio Bandeirantes. 

O Museu da Língua Portuguesa foi concebido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo em conjunto com a Fundação Roberto Marinho, com um investimento inicial de R$ 37 milhões.

O museu foi inaugurado em março de 2006 com a presença do então ministro da Cultura do Brasil, Gilberto Gil, e da ministra da Cultura de Portugal, Isabel Pires de Lima, entre outras personalidades. A 21 de dezembro de 2015 um curto-circuito no primeiro andar do edifício provocou um incêndio de grandes proporções, que destruiu parte do edifício, que data de 1867.

A EDP Brasil é controlada pelo grupo português EDP, tendo atividades tanto na geração de eletricidade como na distribuição de energia no mercado brasileiro.

Fonte: http://www.portugaldigital.com.br/sociedade/ver/20107692-edp-patrocina-restauracao-do-museu-da-lingua-portuguesa



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/07/2017
TAP lança viagem até à música dos anos 70 [TAP]
19/07/2017
Projeto itinerante da língua portuguesa passa pelo Parque Ibirapuera [EDP]
19/07/2017
PortoBay com descontos a duplicar [PortoBay]
19/07/2017
Tivoli sedia campeonato de League of Legends
19/07/2017
Unidas inaugura primeira franquia de locação de automóveis em Joaçaba (SC) [Unidas]
19/07/2017
Haitong prevê subida dos lucros da EDP para 222 milhões de euros António Mexia, presidente executivo da EDP. [Haitong | EDP]