home > notícias

ASSOCIADOS

13/12/2016

InterCement: Startups são alvo do setor de construção

Quatro das maiores empresas do setor de construção se uniram à aceleradora ACE para lançar um programa de startups. O W.I.P. (Work in Progress) reúne Gerdau, InterCement, Tigre e Vedacit.

"Existe uma demanda urgente e não atendida por maneiras disruptivas de urbanizar, seja pelo déficit habitacional, seja pela superpopulação em grandes centros. Pelo porte do projeto e de seus apoiadores, o WIP já nasce com a missão de lançar soluções de nível global para estas questões", afirma Pedro Waengertner, fundador da ACE.

O programa conta com quatro frentes: ambiente residencial, ambiente industrial/comercial, inovação nos serviços externos e serviço de valor agregado.

Na área residencial, a busca é principalmente por soluções focadas em eficiência e monitoramento. No entanto, também são aceitas soluções que tragam o aprofundamento de dados sobre o consumidor.

Para ambientes industriais e comerciais, o programa seleciona projetos que otimizem informações sobre o consumo de insumos da construção civil, trazendo a inovação para dentro de plantas industriais. 

A inovação nos serviços externos está relacionada com soluções que impactem diretamente o trabalho de incorporadoras e construtoras e que gerem disrupção ambiente urbano tradicional, como ligadas à segurança, consumo, administração e que tragam qualidade à mão-de-obra do setor.

Já como serviço de valor agregado devem ser inscritas soluções como produtos de crédito imobiliário, voltados a BI, à redução do déficit habitacional, e que permitam geração de valor adicional para os negócios das empresas parceiras do programa W.I.P.

“O processo de aceleração de startups integra a estratégia de open innovation da Gerdau. Entendemos que, com esse trabalho em conjunto, conseguiremos discutir soluções que possam atender nossas necessidades e dos nossos clientes. Além disso, com esse contato direto com as startups, temos acesso ao que há de mais inovador no mercado”, comenta Gustavo Werneck, diretor da operação aços Brasil da Gerdau.

As startups terão a oportunidade de trabalhar com as empresas e ter acesso aos mentores das companhias parceiras, aos mercados de atuação e a experiência de aceleração da ACE. 

“A InterCement, por meio da Neogera, o braço de inovação para a aceleração de negócios inovadores, pequenos negócios, acredita que um dos caminhos para transformar a cadeia de construção e atender a demanda futura, é através de soluções disruptivas aceleradas” completa André Gama, vice-presidente de suporte aos negócios da InterCement.

As inscrições de startups estão abertas no site da ACE e vão até dia 9 de janeiro.

Fonte: http://www.baguete.com.br/noticias/12/12/2016/gigantes-da-construcao-buscam-startups

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
17/10/2017
Lisbon Green Valley recebe prêmio de sustentabilidade [Belas Clube de Campo]
17/10/2017
TAP registou o mês de Setembro como o melhor mês de sempre [TAP]
16/10/2017
TAP atinge 1 milhão de passageiros na ponte aérea [TAP]
16/10/2017
Análise PwC Portugal à proposta de Orçamento do Estado para 2018: principais alterações [PWC]
11/10/2017
Salários até perto de 670 euros beneficiam da isenção do IRS [PWC]
11/10/2017
Consultora Ernst & Young diz que o Porto está entre as cinco cidades favoritas para acolher Agência do Medicamento [EY do Brasil]