home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

14/12/2016

Funchal e Lisboa finalista a Capital Verde Europeia 2019

A Comissão Europeia vai avaliar as iniciativas futuras e as práticas desenvolvidas pelos finalistas até abril de 2017.

O Funchal e Lisboa foram selecionados para finalistas do prémio Capital Verde Europeia 2019, promovido pela Comissão Europeia. Até abril de 2017, serão analisadas as práticas e iniciativas futuras a nível ambiental dos candidatos ao prémio.

O galardão da Comissão Europeia, que pretende homenagear cidades com práticas ambientais exemplares, inovadores e sustentáveis, será válido para 2019. Depois de ponderada deliberação do júri, foram selecionadas 14 cidades de Itália, Roménia, Bélgica, Albânia, Finlândia, Noruega, Hungria, Espanha, França, Estónia, Polónia e Portugal.

A Comissão Europeia vai avaliar as iniciativas futuras e as práticas desenvolvidas pelos finalistas até abril de 2017, num prémio que é anual, mas que implica uma candidatura com três anos de antecedência.

Uma dúzia de domínios vão estar a avaliação: mitigação e adaptação de alterações climáticas, transporte local, áreas urbanas verdes que incorporem o uso sustentável do terreno; natureza e biodiversidade, qualidade ambiental do ar, produção e gestão do lixo, gestão da água, tratamento de águas residuais, eco-inovação e empregos sustentáveis, performance do sector da energia e gestão ambiental integrada.

Fonte: http://www.revistaport.com/noticia.php?&categoria=5&id=530&titulo=Funchal%20e%20Lisboa%20finalistas%20a%20Capital%20Verde%20Europeia%202019



NOTÍCIAS RELACIONADAS
23/06/2017
Integração dos portugueses no Brasil os diferenciam de todas as comunidades espalhadas pelo mundo
23/06/2017
Brasil e Portugal têm maior percentual de mulheres na produção científica
22/06/2017
Portugal é o segundo país da Europa onde mais se confia nas notícias
20/06/2017
Fileira do imobiliário vai vender "Houses of Portugal" em quatro mercados estratégicos
20/06/2017
Construção metálica já representa 2% das exportações nacionais [Portugal]
20/06/2017
Centeno: "Portugueses hoje estão mais orgulhosos de Portugal"