home > notícias

ASSOCIADOS

22/12/2016

EDP: Provedoria da Comunidade Portuguesa encerra ano com ação solidária de patrocinadores

A Provedoria da Comunidade Portuguesa organizou em 4 de dezembro seu tradicional churrasco beneficente, na sede do Lar dos Idosos, na região do Tremembé, e contou com a participação de diversos representantes, de diversas entidades da comunidade portuguesa.


O novo presidente (provedor) do Lar, Paulo Porto, agradeceu a participação de todos, entre eles o cônsul geral Paulo Lourenço, além das empresas portuguesas colaboradoras da entidade, especialmente a EDP Energia que esteve com uma grande equipe no local.
Entre outros estavam: o cônsul adjunto Hugo Gravanita, o presidente da Casa de Portugal SP, Antonio dos Ramos, José Manuel Bittencourt, da Casa Ilha da Madeira, João D’Anna representando o Centro Trasmontano de SP, Jorge Rosmaninho em representação a Associação dos Poveiros de SP, Sr. Paulo Almeida do Clube Português de SP, pessoal do Rancho Pedro Homem de Mello, que se apresentou neste dia, após a Missa, integrantes da Casa do Minho, enfim, muita gente prestigiou o descontraído evento.
“A Provedoria tem 48 anos de idade e ano que vem espero tê-los aqui novamente, para nosso churrasco, em maio teremos um jantar em prol da provedoria, e outubro o jantar no Buffet Torres, já famoso na comunidade. Muito obrigado a todos” disse o presidente.
Usou da palavra também o Dr. Miguel Setas, presidente da Câmara Portuguesa de Comércio em São Paulo, e da EDP que organizou este ano uma equipe coordenada pelo Nuno Rebelo de Sousa, para trabalhar para o evento, em prol do Lar. “Este trabalho beneficente que a Provedoria faz aqui em São Paulo é um trabalho que nós valorizamos muito na comunidade portuguesa. Este ano, a EDP resolveu fazer uma ação de voluntariado para apoiar o Lar da Provedoria Portuguesa” explicou Setas, presidente executivo da EDP.
Segundo ele, a ação deste ano tem dois sentidos, uma delas é aproximar gerações podendo envolver as gerações mais novas para que elas devolvam à sociedade, em particular no apoio a pessoas carenciadas e mais velhas. “Isso é um trabalho social que não podemos nos redimir da nossa responsabilidade”. O segundo sentido do projeto da EDP é de valorizar a comunidade portuguesa. “A comunidade portuguesa em São Paulo é uma comunidade muito forte que tem muitas valências, muitos talentos, muitas competências. Nós próprios da Câmara Portuguesa estamos hoje a beneficiar de uma situação que resulta do mérito dos portugueses que aqui se instalaram há décadas, passamos a ter uma sede muito digna, muito simbólica que nos foi cedida em regime de comodato por uma descendente de portugueses e que tem patrimônio extenso de imóveis em São Paulo, algo que não seria possível se não fosse essa benfeitoria, digamos assim”, relatou ele.
Em sua fala, Nuno Rebelo de Sousa, executivo da EDP e presidente da Federação das Câmaras Portuguesas no Brasil, agradeceu o ex-provedor Fernando Ramalho, pelo trabalho feito há anos, e o atual dirigente da instituição Paulo Porto.
Nuno também fez referências à parceria da EDP. “O Instituto da EDP, que este ano tem um projeto de natal chamado Natal com Propósito, onde nasceu uma equipe que está aqui presente, que é esta equipe de azul chamada Energia do Bem, apoia 35 instituições de responsabilidade social”, disse descrevendo toda equipe presente com objetivo de “materializar esse Natal com Propósito”.
A equipe, fez contato com empresas portuguesas, como um grande distribuidor de vinho português, outro de azeite, e distribuidor de café, além de uma doação de pão de mel, com os produtos foram feitos 50 kits e vendidos na própria EDP em menos de duas horas. “Com este dinheiro dos kits vendidos na EDP, e com o capital da EDP para estes grupos, compramos um conjunto de equipamentos alinhados com o Paulo e hoje temos o maior prazer, em nome do Instituto EDP, em doar a esta instituição seis cadeiras de rodas, seis cadeiras de banho, e uma centrifugadora para a lavanderia”, disse ele agradecendo também a Dona Teresa Morgado por estar por trás de toda organização do almoço.
“Temos aqui também brinquedos das crianças, e as crianças para fazê-las participar e entender o propósito que estamos a fazer aqui hoje, aproximar as gerações e fazer com que crianças venham cada vez mais”, finalizou.
O cônsul de Portugal também usou da palavra para agradecer a todos e fazer referências à Provedoria, como instituição que o Estado português apóia, e cuja construção feita a partir de um investimento do Estado português, sendo “talvez” uma das mais reconhecidas pelo trabalho que faz. “Não posso deixar de sentir quando venho a missa de manhã, antes do churrasco, ver a alegria dos residentes que estão em repouso nesta casa, e ver as pessoas que aqui trabalham e dedicam parte da sua vida, para mim é por isso uma enorme alegria estar aqui uma vez mais este ano, verificar que a cada ano o churrasco da Provedoria está cada vez melhor, cada vez mais numeroso e cada vez mais estruturado, e temos não apenas a comunidade mais tradicional como também a colônia portuguesa mais recente, isso é sinal de vitalidade desta comunidade”, disse.
Ao final, Paulo Lourenço deu um “testemunho” nestes últimos quatro anos e meio como cônsul-geral em São Paulo, declarando que nunca viu a comunidade portuguesa tão forte e imbuída do espírito de solidariedade e perseverança como tem visto, sendo talvez a “marca mais profunda” da comunidade portuguesa de São Paulo. Algo que tem a ver  com a forma “extraordinária” com que os portugueses foram sempre recebidos no Brasil e a forma como portugueses souberam devolver esta mesma generosidade ao país, defendeu. Paulo Lourenço finalizou sua fala elogiando a apresentação do R.F. Pedro Homem de Mello, nesta manhã, além das empresas participantes do evento e público presente.

Fonte: http://www.mundolusiada.com.br/comunidade/provedoria-da-comunidade-portuguesa-encerra-ano-com-acao-solidaria-de-patrocinadores/
 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
25/09/2017
Quintela e Penalva – Real Estate presente em feira internacional na Suécia [Quintela e Penalva]
25/09/2017
Consumidores migram para web e lojistas se adaptam [PWC]
22/09/2017
Visto americano que não exige investimento milionário está disponível para brasileiros [Godke Silva & Rocha]
22/09/2017
Buscando agilidade, Unidas lança portal focado em mobile [Unidas]
21/09/2017
Critical cria divisão de IA e machine learning [Critical Software]
21/09/2017
Motoristas recebem sementes de árvores florais no Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do Rodoanel [Arval Brasil]