home > notícias

ASSOCIADOS

02/01/2017

EDP encerra 2016 com mais de 2 mil alunos participando do Educação Empreendedora

Realizado nos estados do Espírito Santo e São Paulo, ação já conta com o desenvolvimento de mais de 1.200 projetos empreendedores

Com o intuito de incentivar o empreendedorismo e desenvolver as competências socioemocionais de alunos das redes públicas estaduais no Espírito Santo e em São Paulo, o Educação Empreendedora encerra o ano com números expressivos – a participação de mais de 2.300 estudantes, 90 professores, em 17 unidades escolares em ambos os estados, além de 1.200 projetos desenvolvidos e 10 feiras de empreendedorismo realizadas.

Uma iniciativa da EDP, empresa que atua nas áreas de geração, distribuição, comercialização e soluções de energia, do Instituto EDP, que coordena as ações socioeducativas do Grupo, com apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e parceira com as Secretarias de Educação, o projeto tem como diferencial a aplicação dos conceitos de empreendedorismo na grade curricular, desenvolvendo modelos de negócios com o conteúdo aprendido.

O diretor do Instituto EDP, Luis Carlos Gouveia, ressalta a importância de desenvolver tais habilidades e competências na escola, pois é preciso também preparar os alunos para as situações e desafios do mundo real. “O perfil de um empreendedor reúne um conjunto de habilidades como autonomia, cooperação, liderança, criatividade, para que no dia-a-dia consiga administrar situações e solucionar problemas. São conhecimentos fundamentais para serem ensinados no período escolar e que poderão ser aplicados no desenvolvimento pessoal e profissional desses estudantes”, afirma.

Lançado em julho de 2016, o projeto já recebeu aprovação de 90% dos participantes. Uma pesquisa qualitativa realizada com 200 alunos paulistas e capixabas também confirmou o avanço em habilidades socioemocionais: 80% disseram estar mais cuidadosos com suas tarefas; 63% apontaram avanços na capacidade de concentração e em lidar com imprevistos e frustrações; e 73% melhoraram a capacidade de definir objetivos e manter-se focados neles.

Aprender empreendendo

O Projeto Educação Empreendedora é realizado nos municípios paulistas de Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Pindamonhangaba, Poá e São José dos Campos. No Espírito Santo, a iniciativa contempla estudantes de escolas de Cariacica, Serra, Vila Velha e Vitória.

Por meio da plataforma DreamShaper, os estudantes aprendem a desenvolver Projetos de Vida Empreendedores. A ferramenta combina, de forma simples e interativa, dados fornecidos pelos alunos sobre a ideia de negócio em diversos níveis, e promove um plano de ação, que compreende implementação, aplicação de recursos e avaliação das fases.

Os resultados dessas ações foram apresentados para a comunidade durante as Feiras de Empreendedorismo realizadas nos meses de novembro e dezembro nas escolas participantes. Nos eventos, os estudantes tiveram a oportunidade de trocar experiências e conhecer os trabalhos desenvolvidos pelos colegas.

Durante 2017, o projeto segue sendo trabalhado com as escolas paulistas e capixabas com a expectativa de fomentar novas ideias e envolver outros alunos.

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/08/2017
Passeio em São Paulo: 9 dicas de roteiros culturais para estrangeiros na cidade [BR-Visa]
17/08/2017
A Semana em Brasília [Souza Cescon]
17/08/2017
EDP Renováveis fecha novo contrato "de longo prazo" nos EUA [EDP]
15/08/2017
EDP São Paulo investiu R$ 60 milhões em melhorias no Vale do Paraíba e Litoral Norte em 2017 [EDP]
14/08/2017
Tribunal Superior do Trabalho decide que a lei que regulamentou a tercerização não se aplica a contratos encerrados antes da vigência da lei [Souza Cescon]
14/08/2017
Entenda as condições para asilo e refúgio no Brasil [BR-Visa]