home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

02/01/2017

Alentejo “à caça” de novas ideias

A 'Call for Alentejo Incubators Network' procura jovens empreendedores que tenham em vista a constituição de empresas de base tecnológica ou assentes em conhecimento científico.

Estão abertas as candidaturas para a Call for Alentejo Incubators Network, até ao dia 28 de fevereiro do próximo ano.

O projeto de intervenção MOOVE – Alentejo Incubators Network, desenvolvido em parceria entre a ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, a ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, o Instituto Politécnico de Beja, o Instituto Politécnico de Portalegre, o Núcleo Empresarial da Região de Évora e o Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo, é cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Alentejo 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional da União Europeia.

O concurso pretende encontrar ideias e projetos empresariais da região, com perfil disruptivo e valor acrescentado para aportar ao mercado e tenciona disponibilizar prémios pecuniários e serviços de apoio à constituição e ao desenvolvimento de empresas.

Desenvolvida no âmbito do projeto MOOVE, a iniciativa agrega o know-how e os recursos de diferentes agentes do ecossistema empresarial local para criar condições favoráveis ao desenvolvimento de startups.

“Enquanto associação pioneira na promoção do empreendedorismo e na dinamização de infraestruturas de incubação, a ANJE coloca todo o seu know-how, experiência e network ao serviço da MOOVE. A Call, que hoje damos a conhecer aos empreendedores locais, concentra esforços na captação de ideias e projetos empresariais com capacidade para revelar o potencial disruptivo do tecido empresarial do Alentejo”, alega Hugo Serra Lopes, diretor nacional da ANJE.

O mesmo responsável acredita “que esta competição será um instrumento fundamental para cumprir um dos desígnios estratégicos assumidos pela Associação para esta região: aumentar o volume de investimento nas startups e PME locais com atividade baseada na aplicação de tecnologia e conhecimento científico”.

São cem mil euros em prémios a distribuir por 25 projetos.

A CALL FOR Alentejo Incubators Network prevê a distinção dos 25 melhores projetos apresentados a concurso e, neste núcleo, do grande vencedor da competição. Os promotores das 25 melhores ideias serão recompensados com benefícios como a incubação da empresa numa das infraestruturas dos parceiros organizadores da competição e a atribuição de uma bolsa mensal, no valor de 750 euros.

Além destas regalias, o vencedor terá acesso a um prémio pecuniário de cinco mil euros. O montante atribuído deverá ser canalizado para o desenvolvimento sustentável do projeto e integrado no capital social da empresa.

Para Hugo Serra Lopes, “o esforço complementar de diversos parceiros é o trunfo da MOOVE, sendo que no que depender da ANJE esta será, certamente, uma aposta ganha. Neste momento, o foco está na seleção de ideias inovadoras, mas estamos convictos de que a Associação poderá ter um papel ainda mais preponderante, cruzando o apoio infraestrutural com ações de mentoring, coaching, networking e fundraising.”

Fonte: http://www.portugalglobal.pt/PT/PortugalNews/Paginas/NewDetail.aspx?newId=%7bDA56E606-E5AE-4BD2-80E0-19E1717CE293%7d



NOTÍCIAS RELACIONADAS
28/03/2017
Vão nascer 75 novos hotéis em Portugal até 2018. A maioria é em Lisboa
28/03/2017
As Comunidades Portuguesas e os Municípios
27/03/2017
Turismo brasileiro em Portugal começou 2017 com crescimento de 62%
27/03/2017
Investimentos no Tesouro Direto atingiram R$ 42,9 bilhões em fevereiro
24/03/2017
Os melhores restaurantes secretos de Lisboa
24/03/2017
Busca por qualidade e bons preços leva turismo médico a crescer 25% ao ano