home > notícias

ASSOCIADOS

02/01/2017

'A EDP está atenta às tendências'

Quando foi convidada para ser responsável pela comunicação interna da EDP, a jornalista Ana Sofia Vinhas levou as bases da anterior profissão para as suas novas funções: Autenticidade, envolvimento e saber contar histórias". São características que lhe servem ainda hoje, como directora da Marca EDP, e que terão contribuído para que vencesso o prémio de Marketeer do Ano, da revista Meios & Publicidade. 

Ana Sofia Vinhas fala na primeira pessoa, à SÁBADO, sobre o que significou o prémio e o que espera para o próximo ano. 

Qual foi o trabalho mais marcante e que lhe valeu esta distinção?
A EDP é uma empresa muito dinâmica, atenta às tendências do mercado, procurando sempre antecipar, chegando a todos os stakeholders. O momento mais marcante não é um, mas sim vários. Destaco, a campanha "Sinais de Luz", que funcionou como um reflexo dos 40 anos de trabalho, de dedicação e envolvimento de milhares de colaboradores e que reflecte bem o que é ser EDP e o ADN da marca.
Destaco também as duas grandes activações de marca da empresa: a música e o desporto. Através dos patrocínios a eventos destas duas áreas, conseguimos comunicar face to face com todos os nossos stakeholders.
Por último destaco o Encontro Global dos 12 mil colaboradores. Juntamos os 12 mil colaboradores do Grupo e em todos estes encontros aplicamos a mesma estratégia de comunicação interna de forma a envolver todos de igual forma.


Foi jornalista. Estudou marketing para desempenhar estas funções?
Quando, em 2008, decidi mudar a minha vida profissional, tinha plena noção de que ia sair da minha zona de conforto. Quando, em 2012, a EDP decide lançar-me um novo desafio para assumir a direcção de marca, confesso que a reacção foi: "Obrigada, mas quero estudar". Perante este novo desafio decidi especializar-me em outras valências e fiz uma formação na área da Gestão. Tive ainda o privilégio de ter aulas com alguns dos melhores profissionais de marketing do País. 

Depois de um ano de mudança de casa, abertura de um museu, quais os desafios para 2017?
Continuar a comunicar de forma relevante, próxima e cada vez mais global. O próximo passo é aumentar as sinergias entre os 14 países onde a EDP está presente.

Fonte: http://www.sabado.pt/vida/pessoas/detalhe/a_edp_esta_atenta_as_tendencias.html



NOTÍCIAS RELACIONADAS
07/11/2017
Comissário Carlos Moedas antecipa uma "revolução" na indústria de pagamentos bancários [Roland Berger]
07/11/2017
Lucro da EDP aumenta 86% para 1.147 milhões nos primeiros nove meses do ano [EDP]
07/11/2017
EDP Espírito Santo promoveu oficina de grafite e rimas em Guarapari [EDP]
07/11/2017
Franco | Advogados anuncia expansão no atendimento Penal [Franco Advogados]
06/11/2017
Instituto Tomie Ohtake apresenta exposição com as obras dos vencedores EDP nas artes [EDP]
06/11/2017
Medida Provisória nº 806/17: Instituição de Tributação de Fundos de Investimento Fechados e Alterações na Sistemática de Tributação de Outros Fundos [CPBS]