home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

03/01/2017

Governo reforça Programa de Desenvolvimento Rural com mais 155 milhões de euros

O Governo aumentou a dotação do PDR2020 em 155 milhões de euros até 2022, reforçando a contrapartida nacional, para um total de 4.329 milhões de euros de apoios à agricultura nacional.

Segundo a resolução do Conselho de Ministros publicada na sexta-feira no Diário da República a redefinição da percentagem de cofinanciamento nacional, até ao ano de 2022, foi necessária face à “situação financeira em que o PDR2020 se encontra”.

O diploma refere que os compromissos assumidos são “muito elevados face aos montantes de programação iniciais (…) traduzindo uma gestão, ao longo dos anos de 2014 e de 2015, pouco prudente, que só no âmbito das medidas agroambientais originou uma ultrapassagem que se estima superior a duas centenas de milhões de euros da dotação total programada”.

As percentagens de cofinanciamento nacional foram estipuladas em: até 16% em 2017, até 16% em 2018, até 19% em 2019 e até 23% em 2020 e seguintes.

De acordo com um comunicado do ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, o ministro já comunicou a Bruxelas a reprogramação do PDR 2020, que inclui, entre outras alterações, o aumento de 25 mil para 40 mil euros do montante máximo para projetos de investimento de pequenos agricultores e o aumento de 15 mil para 20 mil euros do prémio à primeira instalação dos jovens agricultores, com compensação nos valores mais elevados, por forma a assegurar a neutralidade financeira.

Será também dada prioridade aos jovens agricultores que pretendam instalar-se assumindo a atividade agrícola como ocupação principal.

O limite de investimento máximo por beneficiário durante o período de programação foi estabelecido em cinco milhões de euros no caso dos apoios ao investimento nas explorações agrícolas e em dez milhões de euros no caso dos apoios ao investimento na transformação e comercialização de produtos agrícolas.

Fonte: http://www.portugalglobal.pt/PT/PortugalNews/Paginas/NewDetail.aspx?newId=%7b16BDCF06-14CC-4C0A-AD5E-FF9801EAF024%7d



NOTÍCIAS RELACIONADAS
07/11/2017
António Costa: “Portugal é um ótimo sítio para investir”
07/11/2017
Investimento imobiliário em Portugal reforçado por mais 12 meses
07/11/2017
Há um ano foram ao Web Summit. O que é feito destas startups?
07/11/2017
Governo adota campanha “fortíssima” para atrair Agência do Medicamento
06/11/2017
É mais barato fazer faculdade em Portugal ou no Brasil?
06/11/2017
Organização da Web Summit está “convencida” a ficar em Portugal, diz Ana Lehman