home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

16/01/2017

Portugal na ‘mira’ dos investidores internacionais

Portugal está entre os melhores destinos mundiais para investimento imobiliário. Estrangeiros procuram cada vez mais uma casa no nosso país.

O investimento estrangeiro disparou em Portugal nos últimos anos e a atratividade do mercado imobiliário português, sobretudo o de luxo, tem vindo a conquistar cada vez mais investidores vindos do exterior. Franceses, brasileiros e chineses são os que mais se rendem aos encantos do nosso país, mas não só. Portugal está nas ‘bocas’ do mundo. Em 2016 foi notícia em vários meios de comunicação social a nível mundial, entre eles, a revista Forbes, o The Wall Street Journal, o The New York Times, o Globo ou o El País, entre muitos outros órgãos internacionais.

Não é por acaso que, segundo o Annual Global Retirement Index, da International Living (IL) para 2017, Portugal ocupa a 9ª posição no Top 10 dos melhores países para os estrangeiros viverem depois da reforma, sendo considerado um dos destinos mais atrativos para este ano. De acordo com o relatório, o nosso país atrai reformados devido ao baixo custo de vida, clima ameno, praias no oceano Atlântico e ao facto de muitos moradores falarem inglês.

Também a Christie’s International Real Estate divulga o ranking das 10 cidades mundiais a que se deve estar atento em 2017 pelas diversas características e propriedades de qualidade que possuem. As cidades de Lisboa e Porto estão entre as escolhas da mais prestigiada rede imobiliária do mundo.

Além dos atrativos relativamente ao clima, às belezas naturais e ao património, Portugal é ainda visto como um bom investimento para quem pretende comprar casa, devido aos baixos preços relativamente aos principais destinos da Europa ou mesmo dos Estados Unidos da América (EUA).

A conceituada revista Forbes considera Portugal um dos melhores destinos para investir em imobiliário de luxo, revelando que é uma excelente escolha devido aos preços baixos e aos bons retornos das rendas. Num artigo publicado no final de 2016, intitulado “Com cinco milhões de dólares o que poderia comprar em bens imobiliários em torno do mundo?”, os especialistas internacionais Greg Todora e Justin Petraglia, responsáveis da consultora internacional The Todora-Petraglia Team-Douglas Elliman, afirmam que as melhores propriedades de hoje podem ser encontradas em Portugal e no Panamá. O nosso país é uma excelente escolha porque os preços imobiliários são geralmente baixos e os rendimentos do arrendamento são elevados.

A mesma revista escreveu também que os 48% de eleitores britânicos que teriam preferido ficar na União Europeia querem investir em imobiliário na Europa e Portugal é um dos destinos preferidos.

Milionários investem em imobiliário português de luxo

Imobiliário de luxo é um investimento seguro para quase todos os milionários. Portugal é um dos destinos preferidos segundo o jornal norte-americano The New York Times. Na verdade, comprar uma casa com assinatura arquitetónica, uma boa piscina e vistas desafogadas são algumas das qualidades de uma casa de luxo pelas quais os milionários não se importam de pagar, mesmo com preços acima do mercado.

De acordo com o artigo do jornal norte-americano, publicado em novembro último, uma carteira de investimento diversificada regra geral integra imóveis residenciais. A diferença em relação aos últimos dois anos é que a incerteza económica tem influenciado a tomada de decisão no sentido  de uma compra mais rápida.

“Por que tantos cariocas estão elegendo Portugal como segunda casa”, foi o título do prestigiado jornal brasileiro O Globo em agosto de 2016, para explicar as razões por que muitos brasileiros se renderam aos encantos do nosso país e por cá ficaram a viver. Segundo o mesmo jornal, Aguinaldo Silva, Glória Perez, Cláudia Abreu, Fernanda Torres e Paolla Oliveira, são alguns dos nomes conhecidos que integram a cada vez mais extensa lista de proprietários na capital portuguesa.


Números da Athena Advisers, empresa especializada em negócios imobiliários na Europa que acabou de abrir escritório no Rio, mostram que os brasileiros desembolsaram mais de 20 milhões de euros na aquisição de imóveis no Velho Continente em 2015. A expetativa é que o valor duplique em 2016.

Ainda num artigo publicado no El País-Brasil, o crescimento do turismo na capital portuguesa tem despertado o interesse dos brasileiros, que veem no nosso país uma oportunidade de investimento e devido a mudanças na legislação e à situação económica dos EUA, os brasileiros estão a trocar Miami por Lisboa na hora de investir em imobiliário.

Também segundo o TheMoveChannel, o principal site independente de imobiliário internacional, que avalia mensalmente o interesse a nível mundial dos investidores, Portugal esteve sempre no topo do ranking mundial para investimento imobiliário em 2016. Chegou a alcançar a 3ª posição atrás dos EUA e de Espanha, caindo em novembro para o 4º lugar e para o 6º no mês passado. Contudo, de acordo com Dan Johnson, director do TheMoveChannel.com, apenas seis países permanecem no Top 10 no final dos anos de 2015 e 2016, entre eles Portugal, assim como os Estados Unidos da América, Espanha, França, Itália e Tailândia.

Fonte: http://www.portugalglobal.pt/PT/PortugalNews/Paginas/NewDetail.aspx?newId=%7b45608006-DF5A-4461-BE11-5929EF3EBF6C%7d



NOTÍCIAS RELACIONADAS
22/09/2017
Empresas portuguesas precisam de investir mais na velocidade dos sites mobile
22/09/2017
Portugal financiou-se com os juros mais baixos de sempre
22/09/2017
Portugal acolheu até agora 1435 refugiados
21/09/2017
Nova lei da imigração faz disparar pedidos de residência em Portugal
21/09/2017
Brasil é o 5º país que mais utiliza arbitragem no mundo
21/09/2017
Como ser advogado em Portugal? Dicas para brasileiros