home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

17/01/2017

Governo lança nova linha de crédito para PME's no valor de 1600 milhões de euros

Nova linha de crédito tem em vista projetos de longo prazo. Cada empresa pode candidatar-se a apoios entre os 25 mil e os dois milhões de euros.

As pequenas e médias empresas têm, a partir desta segunda-feira, uma nova linha de crédito, a Linha Capitalizar. No total, são 1600 milhões de euros, para projetos de investimento de longo prazo. Cada empresa pode candidatar-se a apoios entre os 25 mil e os 2 milhões de euros, com prazos entre os 3 e 10 anos.

Ouvido na Manhã TSF, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, lembrou que apesar do apoio da banca, as pequenas e médias empresas continuam a precisar de mais ajuda no acesso ao crédito.

Na conversa com o jornalista Miguel Videira, o ministro sublinha as duas áreas nas quais o apoio vai ter uma fatia maior e explicou como podem estes instrumentos financeiros ajudar as pequenas e médias empresas a investir.

A Linha Capitalizar divide-se em 5 segmentos e vem substituir uma outra, que esteve em vigor nos últimos 2 anos, e que apoiou 84 mil empresas, num total de 175 mil operações de financiamento.

A linha Micro e Pequenas Empresas tem uma dotação de 400 milhões de euros e tem como objetivo potenciar o acesso a financiamento para investimentos em ativos e reforço de capitais para aquelas empresas. Já a linha Fundo de Maneio tem uma dotação de 700 milhões de euros e visa complementar a linha IFD, alargando as restrições do uso de operações para reforçar o Fundo de Maneio ou Capital.

Por sua vez, a linha de Plafond de Tesouraria conta com 100 milhões de euros e visa apoiar a introdução de plafonds de crédito em condições acessíveis para todas as empresas, enquanto o instrumento Investimento Geral, que também conta com 100 milhões de euros, tem como objetivo financiar investimentos em ativos com elevado prazo de recuperação.

A linha Investimento Projetos 2020 tem uma dotação de 300 milhões de euros.

A Linha de crédito Capitalizar é apresentada às 3 da tarde, pelo ministro da economia, na sede do IAPMEI, em Lisboa.

Fonte: http://www.portugalglobal.pt/PT/PortugalNews/Paginas/NewDetail.aspx?newId=%7bD530A847-06EB-45DB-9FAE-363AB4E50E08%7d



NOTÍCIAS RELACIONADAS
22/08/2017
Brasileiros mudam-se para Cascais e fazem disparar venda de moradias
22/08/2017
EU Market Access Brazil., edições 42, 43, 44
21/08/2017
Selecionados 15 alunos para um intercâmbio em Portugal
21/08/2017
Crise impulsiona mudança de brasileiros para Portugal e pedidos de visto crescem 50%, em 2017
21/08/2017
Elite brasileira traz novos negócios para Portugal
18/08/2017
Empresas portuguesas são as que pagam mais tarde