home > notícias

ASSOCIADOS

17/01/2017

TAP transportou globalmente 11,7 milhões de passageiros em 2016 com crescimento de 3,5%

  • Nas rotas do Brasil a TAP transportou aproximadamente 1,5 milhões em 2016, com destaque para o mês de dezembro com um crescimento de 5%  em relação ao mesmo mês do ano anterior
  • Portugal obteve como destino final um crescimento significativo de 30% a partir do Brasil em 2016 em relação a 2015
  • TAP Portugal Stopover já tem mais de 40 mil passageiros adeptos, com uma média de 2.2 noites de dormidas em Portugal, onde o Brasil é o principal emissor de clientes “stopover”, seguido dos EUA.
  • Taxa de ocupação média em 2016 atinge 78,6% em toda a rede​​
  • 26% de aumento de tráfego só em dezembro de 2016
  • Último trimestre de 2016 com crescimento de tráfego consistente: 12,2% em outubro, 25% em novembro e 26% em dezembro
  • Ponte-Aérea, Lisboa/Porto, em crescimento: 300 mil passageiros, mais 80% do que em 2015
  • Voos domésticos e Europa: 4% de crescimento com 8,99 milhões de passageiros


Nas rotas do Brasil a TAP atingiu em dezembro último um crescimento de 5% em passageiros transportados em relação ao mesmo mês do ano anterior, e em 2016, alcançou aproximadamente 1,5 milhões de passageiros transportados.
 
Houve um crescimento significativo de aproximadamente 30% do destino Portugal como destino final em 2016 em relação ao ano de 2015, gerado pelo Brasil.
 
É importante destacar que o programa “TAP Portugal Stopover”, recentemente lançado no Brasil, apenas quatro meses, já apresenta excelente resultado.  Mais de 40 mil passageiros já aderiram ao programa, com uma média de 2.2 noites de dormidas em Portugal, onde o Brasil é o principal emissor de clientes “stopover”, seguido dos EUA.
 
Globalmente em 2016 a TAP transportou um total de 11,724 milhões de passageiros, que se traduz em um crescimento de 3,5% face ao ano anterior. Reforçando consistentemente os indicadores de tráfego no último trimestre do ano, a companhia obteve o melhor mês de dezembro, registando, só nesse período, um aumento de 26% no tráfego transportado face a 2015 e atingindo a marca assinalável de quase 990 mil passageiros. 
 
Na mesma linha, a taxa de ocupação dos voos, load-factor, registrada em dezembro último subiu 7,4%, atingindo os 78,8 %, e fechando o ano de 2016, JAN - DEZ, com um load-factor de 78,6 % em toda a rede.
 
Nos voos continentais que englobam domésticos, Ilhas e Europa, a TAP teve, no ano passado, um crescimento de 4%, para um total de 8,99 milhões de passageiros. Contribuiu fortemente para esse aumento, o lançamento, em março, da “ponte aérea” entre Lisboa e o Porto. Nesta ligação, no mês de dezembro, a TAP teve um crescimento de 126%, com uma taxa de ocupação média dos seus voos de 73,1%, que reflete uma melhoria de 7,8%  face ao mesmo mês de 2015. Na totalidade do ano, os voos da “ponte aérea” serviram quase 300 mil passageiros, mais 80% do que no ano anterior.  
 
Também os voos entre o Continente e os Açores e a Madeira registaram um aumento de 5%, atingindo, no conjunto, 967 mil passageiros transportados.
 
Nas linhas para os Estados Unidos, nas quais a TAP transportou, em 2016, mais 186 mil passageiros, para um total de 472 mil, 65% acima de 2015. Este crescimento resulta da aposta estratégica da TAP no mercado norte-americano, com o lançamento, em junho, de duas novas rotas, Nova Iorque/JFK e Boston, e o aumento de frequências para os destinos onde já operava, Newark e Miami. 
 
Na Europa, a companhia teve, no mês de dezembro, um aumento do tráfego de 21%, atingindo um total de 571 mil passageiros. No acumulado do ano, a TAP recuperou tráfego no segundo semestre, face aos ajustamentos verificados na sua rede durante a primeira metade do ano, e conseguiu atingir um acumulado de 7,159 milhões de passageiros. 
 
No setor intercontinental, além da América do Norte, sublinha-se igualmente o crescimento em África, de 36% em dezembro e de 10% no acumulado do ano, com 800 mil passageiros transportados, mais 75 mil do que em 2015. 
 
No conjunto, e por força dos crescimentos em destaque na América do Norte e África, as rotas intercontinentais registaram um aumento de 3% em 2016, com 2,74 milhões de passageiros, mais 70 mil do que em 2015.

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
22/05/2017
Plastic People vence concurso EDP Live Bands
22/05/2017
Unidas inaugura primeira franquia de Itabira
22/05/2017
TAP ganha prémio de “Melhor Transportadora de Carga Aérea 2016”
22/05/2017
Governo português cria “visto gold” para investimento em PME
19/05/2017
Grupo Europcar compra franchising dinamarquês
19/05/2017
Sonae vai apostar nos supermercados biológicos a nível nacional