home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

23/01/2017

Turismo do Porto fecha 2016 com 6,8 milhões de dormidas e quase atinge meta para 2020

O Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) fechou o ano de 2016 com um crescimento de dormidas na ordem dos 10,70% em relação a 2015, valores próximos dos objetivos traçados para 2020.

O Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) fechou o ano de 2016 com um crescimento de dormidas na ordem dos 10,70% em relação a 2015, alcançando 6,8 milhões, valores próximos dos objetivos traçados para 2020.

Num balanço preliminar do ano de 2016, porque os números de dezembro ainda não estão fechados, o TPNP avançou esta quinta-feira à Lusa que o ano de 2016 foi “excecional”, fechando com valores de dormidas muito próximos daqueles que tinham sido previstos apenas para o ano de 2020.

“O ano de 2016 vai fechar com um crescimento de dormidas de 10,70%, alcançando os 6,8 milhões de dormidas, já muito próximo dos valores que estavam previstos para 2020 na estratégia 2020”, assume a Entidade Regional do Turismo do Porto e Norte de Portugal, referindo que para esse ano tinham chegar aos “sete milhões de dormidas”.

No mercado ibérico (nacional e o espanhol), o TPNP informa que fecham o ano de 2016 com um crescimento na ordem dos 7,89% em relação a 2015, valores que se traduzem em mais de 289 mil dormidas, em relação a 2015.

O crescimento do mercado espanhol na zona norte de Portugal cifrou-se nos 15% em relação a 2015, registando-se também uma subida de 20,34% nos proveitos totais, o que equivale a 60,5 milhões a mais de euros em relação a 2015.

Esta quinta-feira, decorre o segundo dia da 37.ª edição da FITUR, a feira de turismo de Madrid que este ano aumentou em 10% o espaço dedicado a exposições espalhadas por 62.494 metros quadrados, e que conta com 165 países representados, entre os quais Portugal.

Um dos países convidados e que mais se destaca na feira com um espaço a ocupar 760 metros quadrados espalhados por dois pisos é a Argentina, país líder no turismo na América Latina.

A FITUR 2017 termina no próximo domingo, dia 22, com ‘workshops’ de fotografia e saúde, e foi inaugurada esta quarta-feira, dia 18, pelos reis de Espanha, que visitaram, entre outros ‘stands’, o da Turquia, localizado no Pavilhão 4, junto ao de Portugal, para mostrar “a solidariedade e o apoio da comunidade turística internacional pelos últimos atentados terroristas sofridos naquela nação”, informou a organização da feira, a Ifema.

Fonte: http://observador.pt/2017/01/19/turismo-do-porto-fecha-2016-com-68-milhoes-de-dormidas-e-quase-atinge-meta-para-2020/



NOTÍCIAS RELACIONADAS
24/03/2017
Os melhores restaurantes secretos de Lisboa
24/03/2017
Busca por qualidade e bons preços leva turismo médico a crescer 25% ao ano
22/03/2017
PORTUGAL É «UMA BOA PORTA DE ENTRADA PARA A EUROPA E UMA PONTE PARA EXPORTAR E INVESTIR NOUTROS MERCADOS»
22/03/2017
Porto supera Lisboa como distrito com maior procura imobiliária
21/03/2017
O Brasil nunca esteve tão apaixonado por Portugal
21/03/2017
Um paralelo entre os impostos sobre os serviços de Brasil e Portugal