home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

26/01/2017

Câmara apresentou pacote de incentivos ao investimento empresarial

Com o objetivo de criar condições para atrair e fixar mais empresas, mas também para estimular e apoiar novos investimentos por parte das empresas “residentes” no concelho, a Câmara de Abrantes lançou a campanha de desenvolvimento económico “Abrantes Invest”, abrangendo as três zonas de investimento identificadas como prioritários para o concelho de Abrantes: As Zonas Industriais (Abrantes, Pego e Tramagal); o Centro Histórico e o Parque Tecnológico do Vale do Tejo.

Foi criado um regulamento para apoio a projetos empresariais de interesse municipal, a implementar no território concelhio, materializado em benefícios fiscais como isenções fiscais e tributárias (IMT, IMI, Derrama e taxas municipais) para investimentos (novos ou de continuidade) que garantam a criação líquida de emprego no concelho.

Outra novidade é o regulamento para a criação de emprego qualificado no Parque Tecnológico do Vale do Tejo que define um quadro de apoios financeiros para projetos instalados na incubadora de empresas, o INOV.POINT – Centro de Inovação e Desenvolvimento Empresarial, traduzido na atribuição de uma comparticipação financeira ao salário base mensal suportado pela empresa, por um prazo máximo de 2 anos por posto de trabalho apoiado.

O pacote inclui também incentivos à reabilitação urbana no centro histórico. Os apoios a conceder traduzem-se em isenções fiscais ou aplicação de taxas mínimas para várias situações como reabilitação nos termos das estratégias de reabilitação ou conservação de imóveis, habitação ou arrendamento.

Para apoio ao investimento na área do centro histórico, a Câmara de Abrantes mantém em vigor o regulamento “Mais comércio no Centro” que tem criado condições para a implementação de novos projetos comerciais, apoiando os investidores em 50% do valor da renda até ao limite de €250/mês e pelo período máximo de 12 meses.

Já para incentivo à compra e instalação de lotes ou parcelas no parque industrial de Abrantes (em Alferrarede, junto ao nó da A23), e nas zonas industriais localizadas no Pego (junto à Central) e no Tramagal (na proximidade da Mitsubishi), a Câmara mantém o preço de instalação reduzido: 1,50 €/m2 para lote industrial e 5,00 €/m2 no caso dos lotes destinados a comércio e serviços.

Quem quiser investir em micronegócios, com volume de negócios não superior a €150.000, pode usufruir de isenção de Derrama, uma medida em vigor desde 2016.

Aos investidores, a autarquia reforça o apoio técnico e institucional, de forma personalizada através da Unidade de Desenvolvimento Económico do Município, localizada no edifício dos Paços do Concelho, garantindo o acesso a informação oriunda dos organismos da Administração Central e Local e de uma vasta rede integrada de serviços de apoio ao investidor (AICEP; IEFP; CCDR Centro; NERSANT; IAPMEI e Tagus Valley).

A apresentação da campanha realizou-se no dia 23 de janeiro, no Parque Tecnológico do Vale do Tejo, para uma plateia de uma centena de empresários que tiveram oportunidade de ouvir a presidente da CDDR Centro sobre o sistema de incentivos do Portugal 2020. Ana Abrunhosa disponibilizou a deslocação a Abrantes, a agendar, do Gabinete de Apoio ao Promotor, para informar e esclarecer dúvidas sobre as tipologias de apoio a novos projetos.

Presidiu à apresentação, o secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza, que congratulou a iniciativa do Município de Abrantes, salientando que "o crescimento é a chave para a resolução de outros problemas que afetam a economia portuguesa".

"Depois da crise instalada desde 2008 para as empresas, é altura de reforçar a sua capacidade de trabalho no terreno", afirmou a Presidente da Câmara Municipal de Abrantes para apresentar este pacote de incentivos. Maria do Céu Albuquerque salientou que a missão da Câmara é “estar ao lado das empresas e dos empresários, para criarmos valor para a nossa economia local, regional e nacional”.

Para mais informações, os interessados podem consultar toda a documentação e conhecer os contactos diretos do gabinete de apoio ao investidor na área INVESTIR em www.cm-abrantes.pt

Fonte: http://www.portugalglobal.pt/PT/PortugalNews/Paginas/NewDetail.aspx?newId=%7b36AE3415-439A-4437-A8F6-3852DB9295C6%7d



NOTÍCIAS RELACIONADAS
28/03/2017
Vão nascer 75 novos hotéis em Portugal até 2018. A maioria é em Lisboa
28/03/2017
As Comunidades Portuguesas e os Municípios
27/03/2017
Turismo brasileiro em Portugal começou 2017 com crescimento de 62%
27/03/2017
Investimentos no Tesouro Direto atingiram R$ 42,9 bilhões em fevereiro
24/03/2017
Os melhores restaurantes secretos de Lisboa
24/03/2017
Busca por qualidade e bons preços leva turismo médico a crescer 25% ao ano