home > notícias

MUNDO

01/02/2017

Portugal ganha 54 novas rotas aéreas em 2017

Em 2016, Portugal recebeu 64 novas rotas aéreas e, para já, estão previstas outras 54 para este ano.

Já estão previstas para este ano 54 novas ligações aéreas de e para Portugal, adiantou esta quarta-feira Manuel Caldeira Cabral, detalhando que “uma delas será para a China”.

O ministro da Economia, que está a ser ouvido na Comissão de Economia e Obras Públicas, falava do melhor posicionamento do país tanto na atração de turistas como de investidores, realçando a importância das travessias aéreas para esta ligação ao exterior.

Em 2016, Portugal recebeu 64 novas rotas aéreas e, para já, estão previstas outras 54 para este ano, numa altura em que as companhias já desenharam os seus planos para o verão, calendários que geralmente se alteram no inverno, com mudança de frequências e reposicionamento de rotas.

Os exemplos destas novas ligações já têm sido anunciados pelas empresas: sozinha a TAP será responsável pelo lançamento de novos voos para Toronto, Las Palmas, Alicante, Estugarda, Bucareste e Budapeste; a sua parceria chinesa HNA também chega a Lisboa em julho deste ano e a Delta Airlines inaugura-se com um voo entre Lisboa e Nova Iorque.

Das low-cost também chegam novidades, por exemplo, as duas novas rotas da easyJet para Lille e Nice a partir de Faro. Já a Ryanair anunciou oito novas rotas a partir de Faro (Aberdeen, Cardiff, Hamburgo, Londres, Marselha, Newcastle, Newquay/Cornualha e Varsóvia) e outras cinco a partir de Lisboa (Bolonha, Glasgow, Luxemburgo, Toulouse e Breslávia).

Fonte: http://www.portugalglobal.pt/PT/PortugalNews/Paginas/NewDetail.aspx?newId=%7bE16F23FC-E073-446F-BA9D-666F1E4265BF%7d



NOTÍCIAS RELACIONADAS
07/11/2017
Reynaldo Gianecchini percorre Portugal com peça de teatro
07/11/2017
Universidade do Porto condecorada pela Marinha do Brasil
07/11/2017
Bonecos de Estremoz podem ser Património da Humanidade em dezembro
06/11/2017
São Martinho, a mais antiga feira de cavalos de Portugal
06/11/2017
Portugal vai promover-se como destino para andar de bicicleta ou a pé
06/11/2017
70 mil km para descobrir a Mina Lusitana