home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

14/02/2017

Crescimento 'confirma solidez e rigor'. Portugal 'é dos que mais cresce'

Pelo segundo dia consecutivo, o Ministério das Finanças canta vitória em relação aos dados económicos. Esquecendo a polémica em torno da CGD, o Governo salienta os vários dados positivos que permitiram um crescimento acima do esperado.

O Ministério das Finanças está orgulhoso do desempenho económico português em 2016. Depois das múltiplas declarações de Mário Centeno e António Costa a salientar o "melhor desempenho da democracia portuguesa" no que toca ao défice, os dados do crescimento divulgados esta manhã pelo INE deram azo a mais declarações de vitória vindas do Terreiro do Paço.

"Os dados do crescimento económico divulgados pelo INE confirmam a aceleração da economia portuguesa que termina o ano de 2016 com um crescimento homólogo de 1,9%, a que corresponde um crescimento médio anual de 1,4%. Em relação ao trimestre anterior, a economia portuguesa cresceu 0,6% no quarto trimestre de 2016 (2,4% em termos anualizados)", pode ler-se no comunicado oficial divulgado esta manhã, onde se destaca um resultado "ancorado na recuperação da procura interna, com particular destaque para o investimento que teve o principal contributo para o aumento do crescimento".

"Estes dados confirmam a solidez e o rigor das estimativas subjacentes ao Orçamento do Estado de 2017, reforçando a convicção do Governo nos pressupostos orçamentais e no crescimento em 2017."

O Ministério das Finanças lembra que "mais uma vez, Portugal é um dos países que mais cresce no atual contexto europeu".

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com/economia/741362/crescimento-confirma-solidez-e-rigor-portugal-e-dos-que-mais-cresce



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/10/2017
Simulador IRS 2018
20/10/2017
Correios de Portugal e do Brasil firmam parceria para potenciar ecommerce entre dois países
20/10/2017
EU Market Access Brazil., edição 52
20/10/2017
Em busca de visto, brasileiros movimentam Consulado de Portugal
18/10/2017
Arbitragem administrativa no Brasil e em Portugal
17/10/2017
Portugal sobe no ranking mundial para investir em imobiliário