home > notícias

ASSOCIADOS

02/03/2017

Roland Berger: Estamos associados à Carlyle para injetar capital em Portugal

A velocidade a que muda a economia “digitalizada” aumentou consideravelmente ao longo desta década, implicando alterações constantes nos modelos de negócio seguidos e injeções de capital nas empresas, diz o líder (managing partner) da Roland Berger, António Bernardo. Para responder a este novo desafio, a consultora global associou-se aos fundos do Grupo Carlyle

conomia está a mudar muito depressa, mas o trabalho da Roland Berger — criada em 1967 — continua igual ao que fazia há uma década?

Há 10 anos, o nosso trabalho era definir a estratégia normal para uma empresa, reduzir custos ou concretizar operações de internacionalização. E só 20% da nossa atividade implicava repensar modelos de negócio — atualmente esta área pesa 60% no trabalho da Roland Berger. Hoje as empresas pedem-nos ajuda para repensar os seus modelos de negócio, de modo a antecipar as mudanças vividas nos mercados. Para ajudarmos as empresas a prepararem a sua atividade para o futuro, em muitos casos teríamos de fazer parcerias para a inovação — pois as empresas têm de inovar por causa das futuras mudanças nos mercados.

Qual é a solução mais eficiente para inovar?

Desde logo, uma associação com startups. Trazem inovação mais rápida e menos cara. Para empresas de serviços financeiros existem as fintech. É para isso que temos uma colaboração com a Startup Lisboa, onde ajudamos as empresas a estruturarem-se, e fazemos isso pro bono. Há casos interessantes: a CrowdProcess ganhou o prémio da melhor fintech europeia em 2016. Foi feita por estudantes do Técnico que inventaram um algoritmo que se aplica ao scoring na banca. Esse algoritmo tem uma produtividade 10 vezes superior aos modelos atuais. O algoritmo utiliza linguagem machine learning e a infraestrutura da Google. No caso do crédito ao consumo, têm uma tecnologia de machine learning para correr modelos complexos.

Fonte: http://expresso.sapo.pt/economia/2017-02-25-Estamos-associados-a-Carlyle-para-injetar-capital-em-Portugal



NOTÍCIAS RELACIONADAS
07/11/2017
Comissário Carlos Moedas antecipa uma "revolução" na indústria de pagamentos bancários [Roland Berger]
07/11/2017
Lucro da EDP aumenta 86% para 1.147 milhões nos primeiros nove meses do ano [EDP]
07/11/2017
EDP Espírito Santo promoveu oficina de grafite e rimas em Guarapari [EDP]
07/11/2017
Franco | Advogados anuncia expansão no atendimento Penal [Franco Advogados]
06/11/2017
Instituto Tomie Ohtake apresenta exposição com as obras dos vencedores EDP nas artes [EDP]
06/11/2017
Medida Provisória nº 806/17: Instituição de Tributação de Fundos de Investimento Fechados e Alterações na Sistemática de Tributação de Outros Fundos [CPBS]