home > notícias

ASSOCIADOS

10/03/2017

Companhia Azul será a primeira a operar o novo jato da brasileira Embraer

A Embraer anunciou hoje que a Azul Linhas Aéreas Brasileira será a primeira empresa que vai operar a aeronave E195-E2, o jato comercial com a maior envergadura já desenvolvido pela fabricante no Brasil.

A Embraer informou que firmou um contrato para fornecer até 50 aviões deste tipo à Azul, sendo 30 pedidos firmes e 20 direitos de compra.

"A Azul desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento do E195-E2, participando ativamente das especificações de projeto do avião, ajudando a Embraer a desenvolver a aeronave mais eficiente no mercado para rotas domésticas", disse John Slattery, Presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial.

"A importância de ter a Azul a bordo do Programa E2 e agora como primeira operadora pode ser resumido em duas palavras: parceria e confiança", disse o executivo.

Atualmente, a companhia aérea brasileira conta com um total de 77 E-Jets da Embraer em serviço.

Os novos jatos encomendados pela Azul terão uma configuração de 130 assentos em classe única, com a aeronave entrando em operação no primeiro semestre de 2019.

Este novo modelo de aeronave tem, segundo a fabricante brasileira, 275 pedidos firmes, além de cartas de intenção, opções e direitos de compra cobrindo outras 415 aeronaves, totalizando 690 compromissos de companhias aéreas e empresas de 'leasing'.

Fonte: http://www.portugalglobal.pt/PT/PortugalNews/Paginas/NewDetail.aspx?newId=%7bB03DE986-3FE7-4303-9A87-53EB0C088B7E%7d



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/05/2018
E-Social – Sua empresa está preparada? [Master Consultores]
18/05/2018
Tivoli Hotels & Resorts estará no Casar 2018 [Tivoli Mofarrej]
17/05/2018
Advogados do Opice Blum são convidados pelo MIT para integrar júri [Opice Blum Advogados]
15/05/2018
Quais são as profissões que estão em falta em Portugal? [Nacionalidade Portuguesa]
15/05/2018
EY mostra tendência estratégica para competir em ambiente de rápida evolução da tecnologia [Ernst & Young]
15/05/2018
Avanços na área da memória dentro do cérebro [F&F Ensino & Pesquisa]