home > notícias

MUNDO

04/04/2017

Atriz Giovanna Antonelli muda-se para Portugal

A atriz brasileira está atualmente à procura de vaga numa escola para os três filhos. O objetivo passa por se mudar em finais de agosto e ficar a viver em Lisboa até ao final do ano.

Giovanna Antonelli confidenciou esta quinta-feira, num evento de promoção da novela "Sol Nascente", que estreia a 29 de maio no canal Globo em Portugal, que vai viver em Lisboa durante quatro meses. A atriz justificou a mudança com a necessidade de férias depois de cinco anos seguidos a fazer telenovelas e a vontade de aprender novas competências, sentimentos partilhados também pelo marido, Leonardo Nogueira.

"O meu marido quer fazer cursos de entretenimento e gestão de marketing na Europa. Por isso, estamos à procura de escola para as crianças, o que não é fácil porque temos três filhos", explicou a atriz de 41 anos. Enquanto Leonardo Nogueira, diretor artístico de telenovelas, se especializa em áreas de interesse técnico, Antonelli abriu a possibilidade de experimentar outras coisas: "Tenho sempre sede de apreender, interesse em apreender coisas novas. Até cursos de culinária", exemplificou.

O teatro também é uma arte a que gostaria de voltar, primeiro no Brasil, e depois, quem sabe, trazer a peça para Portugal. Enquanto estiver por território nacional, Giovanna Antonelli quer afastar-se do trabalho mas não fecha a porta a uma eventual participação na ficção portuguesa, "desde que dê para conciliar."

A vinda para Lisboa prevê-se que aconteça em agosto, e, com a atriz brasileira, além dos filhos e do marido, vêm também outros familiares, revelou. "Eu sou mãe galinha e tenho de ter as crianças comigo. Não posso desviar-me do meu foco. Tem de vir toda a gente, sogra e tudo". A atriz sublinhou que, em Portugal, fica surpreendida com cada sítio que lhe mostram e que até agora a sua paisagem preferida é a da região do Douro.

Antonelli passou pelo nosso país também a propósito de uma parceria com uma marca de perfumes francesa com quem assina uma fragrância em nome próprio. Os eventos promocionais na Europa estavam previstos começar no país gaulês mas a atriz, pelo carinho que tem por Portugal, sugeriu começar por território luso. "Sinto-me em casa desde a primeira vez que vim a Portugal, há 20 anos; sempre fui levada ao colo com muito carinho e amor. Quando chegou a altura de promover o perfume, pensei 'porque não passar primeiro por Portugal?' Achei que seria simbólico".

A atriz que conquistou muitos portugueses com a personagem Jade, em "O Clone", abordou ainda as diferenças entre a abordagem dos brasileiros e dos portugueses a figuras públicas. "No Brasil todos vêm ter comigo aos gritos, enquanto aqui é 'gosto imenso do seu trabalho, poderia tirar uma fotografia?'", elucidou, mudando para uma voz mais calma e baixa quando imitou a abordagem portuguesa.

Quanto a "Sol Nascente", Giovanna explicou que se pode esperar uma novela "muito positiva", com um guião que assenta "no amor, na amizade e na família." A história da produção, que parte de uma amizade de infância que depois evolui para paixão, tem sido muito bem recebida no Brasil. "Foram muitas as pessoas que se identificaram com novela", concluiu.

Fonte: DN

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/08/2017
Descobrir o Brasil em Portugal (ou de como a primeira vez nunca se esquece)
18/08/2017
Descobrir Portugal, trilho a trilho
18/08/2017
Quatro filmes de produção e co-produção portuguesa no Festival de Cinema de Toronto
18/08/2017
Portugal não é branco, nem em primeiro lugar dos brancos"
17/08/2017
Portugal vai candidatar-se à organização do europeu de Maratona BTT
15/08/2017
Portugal vai levar 13 atletas aos mundiais