home > notícias

ASSOCIADOS

07/04/2017

EDP Espírito Santo realizou mais de 90 mil fiscalizações no Estado

Fiscalizações realizadas em 2016 resultaram em energia recuperada equivalente a uma cidade com mais de 80 mil unidades consumidoras

Vitória, 07 de abril de 2017 – No balanço das ações de combate ao furto de energia, a EDP Espírito Santo realizou mais de 90 mil fiscalizações em campo no ano de 2016, nos 70 munícipios capixabas que atende. O volume de energia recuperada daria para abastecer o município de Cachoeiro de Itapemirim por um mês. Asatividades em campo são realizadas por equipes técnicas com treinamento e equipamentos específicos para identificar manipulações nos medidores ou qualquer anormalidade na rede.

Em relação ao resultado do mesmo período do ano anterior, foram identificadas 64% mais irregularidades, como manipulação de medidores e ligações irregulares. Além do alto risco para a população e do impacto negativo na qualidade da energia elétrica, este tipo de prática representa um acréscimo no valor da conta de luz dos clientes regulares, além do prejuízo à distribuidora.

Previsto no Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, o furto de energia é crime: “Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: pena de reclusão, de 01 (um) a 04 (quatro) anos, e multa”. E, conforme a regra da Resolução Aneel, é realizada a cobrança de toda energia não faturada durante o período da irregularidade e o custo administrativo.

A ação ilegal pode provocar sobrecarga na rede elétrica, com prejuízo para a população, que sofre com a interrupção ou oscilação do fornecimento para sua residência e nas vias públicas. As ligações irregulares trazem ainda o risco de acidentes mais sérios, como a morte do infrator ou de terceiros, pois os cabos da rede elétrica sempre estão energizados.

E, ao contrário do que muitos imaginam, o furto de energia elétrica não traz perdas apenas para a Concessionária. Os maiores lesados são os próprios clientes. Como a tarifa abrange também as perdas elétricas, o custo da energia usada irregularmente pelas pessoas que cometem esse crime é parcialmente repassado a todos os usuários da rede.

Com intuito de coibir cada vez mais o furto de energia, a EDP Espírito Santo pede que a população contribua denunciando as ligações irregulares. Para tanto, disponibiliza os canais de atendimento aos consumidores: Agência Virtual, www.edp.com.br, nas agências de atendimento presencial Central de Atendimento ao Cliente ou no 0800 721 0707, que funcionam 24 horas e com ligação gratuita. O sigilo é total, e a inspeção realizada com a máxima urgência.

Fonte: EDP



NOTÍCIAS RELACIONADAS
07/11/2017
Comissário Carlos Moedas antecipa uma "revolução" na indústria de pagamentos bancários [Roland Berger]
07/11/2017
Lucro da EDP aumenta 86% para 1.147 milhões nos primeiros nove meses do ano [EDP]
07/11/2017
EDP Espírito Santo promoveu oficina de grafite e rimas em Guarapari [EDP]
07/11/2017
Franco | Advogados anuncia expansão no atendimento Penal [Franco Advogados]
06/11/2017
Instituto Tomie Ohtake apresenta exposição com as obras dos vencedores EDP nas artes [EDP]
06/11/2017
Medida Provisória nº 806/17: Instituição de Tributação de Fundos de Investimento Fechados e Alterações na Sistemática de Tributação de Outros Fundos [CPBS]