home > notícias

MUNDO

25/04/2017

Da arte contemporânea ao surfe, Portugal apresenta sua diversidade na Travelweek 2017

Portugal está cada vez mais consolidado como um dos destinos turísticos preferidos dos brasileiros. Em 2016, foram 624 mil visitantes no país, o que representou um recorde histórico. Com o intuito de fomentar ainda mais esse fluxo e atingir o mercado de luxo, o Turismo de Portugal estará presente na edição 2017 da Travelweek São Paulo, um dos principais eventos do setor.

A feira acontece entre os dias 26 e 28 de abril, no Pavilhão da Bienal do Ibirapuera, e contará com representantes portugueses, que apresentarão as principais tendências do setor turístico luso ao trade e a todos os visitantes, em mais uma iniciativa para estreitar os laços entre os dois países. Neste ano, Portugal estará presente com seis das sete regiões do país.

“A atração entre as duas pátrias é histórica, e no âmbito do turismo, o brasileiro está descobrindo um ‘novo’ Portugal, um destino moderno, seguro e de uma grande diversidade, embora mantenha sua autenticidade como nação. Seja em Lisboa, no Porto, no Algarve, nas ilhas ou em qualquer lugar, todas as regiões carregam um pouco do Brasil”, diz Bernardo Cardoso, diretor do escritório brasileiro do Turismo de Portugal, que estará presente na Travelweek. Além dele, o evento também contará com Filipe Silva, diretor do Conselho Diretivo do Turismo de Portugal.

Da arte contemporânea ao surfe, uma viagem por Portugal

Com uma decoração inspirada na arte contemporânea, o espaço do Turismo de Portugal na Travelweek destaca os grafites, que estão efervescendo a arte de rua do país e que tornaram a cidade de Lisboa um museu ao ar livre, as tradicionais paredes de azulejos, uma importante expressão artística nacional, o clássico quiosque português espalhado pelos jardins das cidades e um céu de sombrinhas, marca registrada da cidade de Águeda, que realiza anualmente o festival The Umbrella Sky, onde as ruas são cobertas pelos coloridos guarda-chuvas.

O cenário foi idealizado para proporcionar uma verdadeira viagem e dará aos visitantes um pouco da sensação do que é sentir Portugal: um país que não deixou de ser autêntico e genuíno, mas caminhou em direção à modernidade e se tornou referência turística em todo o mundo, sendo constantemente premiado.

Sentir Portugal é ainda respirar as inúmeras belezas espalhadas pelas setes regiões, cinco continentais e duas ilhas, é viajar do litoral ao interior e entender como um país do tamanho de Portugal tem tanta diversidade para oferecer. Para isso, o espaço valoriza a natureza, com roteiros que vão desde belas praias e falésias a parques naturais, montanhas e vales, de norte a sul. O natural lifestyle desperta os apaixonados por golfe, bike e trilhas para um mundo de experiências únicas por descobrir.

Mas não há como deixar de mencionar o surfe. A costa portuguesa é repleta de praias convidativas para a prática do esporte. Em Peniche, na região central de Portugal, disputa-se o Mundial, mas também é possível pegar ondas nos arredores de Lisboa (Cascais e Sintra), Porto (Praia do Espinho) e Algarve (Sagres e Costa Vicentina). Isso sem falar em Nazaré, referência em ondas gigantes, que será representada por um backdrop no espaço do Turismo de Portugal.

Os sabores portugueses, outro ponto forte, vão muito além do pastel de nata e bacalhau. São pratos preparados por chefs conceituados, com frutos do mar e peixes abundantes, mas também o porco preto alentejano, os queijos de Azeitão e doces conventuais. Além disso, é impossível falar de sabores e não citar os tradicionais vinhos e castas, provenientes de regiões vinícolas espalhadas pelo país, que são referência em todo o mundo. Com uma diversificada gastronomia, Portugal orgulha-se de que dificilmente um turista repete o mesmo prato na sua estadia, do simples ao sofisticado. Um roteiro gastronômico que vai do boteco português aos 21 restaurantes premiados a com a estrela Michelin em 2016.

Portugal é um país alegre, onde a festa e a diversão são uma constante, destacando-se os festivais de música, como o NOS Alive, o Super Bock, Super Rock, o NOS Primavera Sound e o Rock in Rio, além de festas populares e da sempre agitada e cosmopolita vida urbana que faz de Portugal um destino “cool”, referência em todo o mundo, evidenciando sua qualidade em infraestruturas e serviços, sendo também um hub para startups e palco do Web Summit, maior feira de empreendedorismo do continente.

Fonte: Cunha Vaz



NOTÍCIAS RELACIONADAS
15/10/2018
São portuguesas e foram "extraordinárias" no seu tempo. Sabe quem são?
15/10/2018
Uma das Sete Maravilhas do Mundo, Cristo Redentor completa 87 anos
15/10/2018
CAV de Coimbra explora tema do trabalho em nova exposição
15/10/2018
Associação Aldeias Históricas de Portugal promove cimeira internacional de turismo inédita
15/10/2018
'Foi Deus' é a canção portuguesa mais votada para o primeiro Cancioneiro da UE
15/10/2018
Uma 'antologia mínima' para descobrir ou redescobrir Fernando Pessoa