home > notícias

MUNDO

28/04/2017

Festival de acessibilidade no Recife exibe filme gravado no Brasil e em Portugal

O festival VerOuvindo, que exibe apenas filmes com acessibilidade, terá na sessão de abertura, no Recife, em estreia nacional, documentário gravado no Brasil, 

A sessão de abertura do festival inclusivo VerOuvindo contará com a exibição, em estreia nacional, do documentário brasileiro Todos, direção de Luiz Alberto Cassol e Marilaine Castro, nesta quarta-feira,  às 20h, no Cinema do Museu em Recife, Pernambuco. Todos é uma produção brasileira gravada também em Portugal e Espanha, ganhador de menção honrosa no Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, em Lisboa.

VerOuvindo é um festival que promove a exibição de filmes com acessibilidade, proporcionando também uma programação de formação para profissionais nesta área. O evento decorre desde o dia 21 com a realização de oficinas e segue agora com uma programação cinematográfica até o dia 30 de abril, incluindo a mostra competitiva no dia 27, a partir das 17h30.

Serão exibidas 15 produções cinematográficas, com recursos de inclusão de legenda para surdos e ensurdecidos (LSE), audiodescrição para cegos e pessoas com baixa visão.

No encerramento, dia 30, acontece a exibição do filme O Shaolin do Sertão, com a presença do diretor Halder Gomes. A sessão, que decorre no cinema São Luiz às 17h30, contará com acessibilidade e experimentação de óculos para visualização da Libras na tela, através do uso do aplicativo MovieReading.

As atividades do VerOuvindo acontecem no Cinema do Museu, no Cinema São Luiz e no Paço do Frevo, na capital pernambucana.

“Todos”
O longa-metragem brasileiro conta o percurso de um historiador que viaja por várias cidades do Brasil e exterior em busca de resposta a uma pergunta: o que é acessibilidade? Acompanhando a trajetória de Felipe, que tem deficiência visual, o filme apresenta caminhos acessíveis e caminhos com muitas barreiras.  Apresenta o que pessoas com e sem deficiência pensam sobre temas como diversidade humana, educação inclusiva, cultura e tecnologias. Todos é um filme sobre pessoas e suas diferenças.

Master classe
A audiodescritora francesa, Marie Gaumy, ministrará uma master class sobre o uso da linguagem cinematográfica no roteiro cinematográfico no dia 29 de abril, às 17h, no Cinema São Luiz. Marie descreve essencialmente obras para a televisão e para o cinema (Arte, France Télévision, Pathé, Europacorp, Universal, la Cinémathèque française, le Festival du Réel) e tem mais de cem filmes no currículo. A master class é gratuita.

Fonte: Portugal Digital



NOTÍCIAS RELACIONADAS
19/09/2018
Animação portuguesa candidata a nomeação aos prémios César
19/09/2018
RTP já tem Festival da Canção 2019 em andamento
19/09/2018
Semana das Culturas Estrangeiras em Paris com programação portuguesa
19/09/2018
Ronaldo: "Christianinho diz que vai ser melhor do que eu mas penso que será difícil"
19/09/2018
Mostra em São Paulo traz obras de Rafael nunca expostas no Brasil
19/09/2018
Turismo de Portugal volta a estar presente na mais importante feira de turismo São Paulo