home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

12/06/2017

Portugal entre os favoritos para receber Agência Europeia do medicamento

O ministro da Saúde diz que a candidatura está a ser tratada como um objetivo nacional. A segurança e a oferta de um pacote fiscal competitivo dão vantagem ao país.

Adalberto Campos Fernandes enfatiza que Portugal tem de ter "uma candidatura ganhadora", esperando que os portugueses se "unam em torno de um objetivo nacional".

"É um objetivo importante porque se trata de uma Agência relevante (...). Atrairá para Portugal uma grande atenção, numa área que mobiliza muitos recursos no mundo. O setor farmacêutico, com medicamentos e dispositivos, é provavelmente, a par da indústria petrolífera e do armamento, do mais pujante em termos internacionais. Do ponto de vista económico, atrairíamos centenas, milhares de eventos, de reuniões, de interações", afirmou o ministro em entrevista à agência Lusa.

Há cerca de mais duas dezenas de interessados em receber a Agência Europeia do Medicamento, que vai abandonar o Reino Unido na sequência do "Brexit".

O melhor da TSF no seu email
Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a qualidade TSF.

O ministro considera que Portugal tem vantagens muito práticas e concretas, como ser o terceiro país mais seguro do mundo e ter equidistância em termos de interesses na indústria do medicamento.

A decisão, que cabe à Comissão Europeia e deve ser tomada em outubro, contempla também outros requisitos, como a capacidade de instalar os cerca de 900 profissionais da Agência e respetivas famílias.

"Há um pacote fiscal que é competitivo e que já foi apresentado. Isso é importante, porque há países em que esse pacote fiscal é mais duro e exigente", esclareceu Campos Fernandes.

O ministro reconhece que é "um processo político complexo", que envolve também o Ministério dos Negócios Estrangeiros, e que exige "um grande tricot", na medida em que os países se vão apreciar mutuamente e avaliar-se uns aos outros.

Fonte: TSF.PT



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/03/2019
Setor aposta em estabilidade nas vendas para a Páscoa de 2019 [Brasil]
20/03/2019
Imobiliária Era atinge 1% do PIB em vendas em 2018 [Portugal]
20/03/2019
António Costa diz que o sector do vinho espera exportar mil milhões em 2022 [Portugal]
20/03/2019
Vinho português "tem vindo a ganhar reconhecimento cada vez maior" [Portugal]
20/03/2019
Portugal está a fazer "percurso rápido e bom" na economia [Portugal]
20/03/2019
Standard & Poor's sobe 'rating' de Portugal com perspetiva estável [Portugal]