home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

27/06/2017

Projeto português apresentado em encontro de ministros da Justiça da CPLP

Projeto do instituto Camões será apresentado na 15ª Conferência dos Ministros da Justiça da CPLP, que começa esta terça-feira em Brasília.

O Projeto de Apoio à Consolidação do Estado de Direito (PACED), financiado pela União Europeia e pelo Camões, I.P., organismo também responsável pela sua implementação, marca presença na 15ª Conferência dos Ministros da Justiça da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa que decorre, em Brasília, entre os dias 27 e 29 de junho de 2017.

A apresentação do projeto, que será feita pela coordenadora Maria Teresa Santos, o juiz conselheiro José Mouraz Lopes e o juiz desembargador Nuno Coelho, consultores científicos do PACED, insere-se na sessão plenária a ter lugar a 29 de junho, no Ministério da Justiça e Segurança Pública, informou o Camões.

Neste encontro, será destacada a importância do reforço da cooperação regional entre os países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP) e Timor-Leste, em particular nas áreas da corrupção, branqueamento de capitais e tráfico de estupefacientes. Em agenda estará também a aposta do projeto na harmonização jurídica e institucional em matéria destes crimes.

O PACED tem como objetivos a afirmação e consolidação do Estado de direito nos PALOP e Timor-Leste, a prevenção e luta contra a corrupção, o branqueamento de capitais e a criminalidade organizada, em particular o tráfico de estupefacientes, nos PALOP e em Timor-Leste.

Com duração prevista até maio de 2018, e um orçamento de 8,4 milhões de euros, dos quais 8,05 milhões de euros sob a gestão direta do Camões, I.P., a sua intervenção centra-se na melhoria do ambiente legal e da organização administrativa, no fortalecimento das capacidades institucionais e no reforço da cooperação regional.

Fonte: Portugal Global



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/01/2019
Comércio varejista cresce 2,9% de outubro para novembro, diz IBGE [Brasil]
16/01/2019
Cafeicultores brasileiros querem acordo com União Europeia [Brasil]
16/01/2019
Fosun diz que Portugal < acolhe bem > o investimento chinês [Portugal e China]
16/01/2019
Economia brasileira continua recuperação e PIB aumenta para 2,4% [Brasil]
16/01/2019
Chineses investiram 10 mil milhões de euros em Portugal em 2018 [Portugal e China]
16/01/2019
Fundo privado português de 46 milhões vai investir em 'startups' [Portugal]