home > notícias

ASSOCIADOS

12/07/2017

EDP Renováveis aumenta produção no Brasil em 53%

A EDP Renováveis, empresa de energias limpas do grupo EDP, aumentou a produção no primeiro semestre. O Brasil é um dos mercados em expansão de capacidade.

A produção de energia limpa da EDP Renováveis no mercado brasileiro ascendeu a 314 gigawatts hora (GWh) no primeiro semestre, mais 53% do que no mesmo período do ano passado, informou a empresa portuguesa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Globalmente, a produção da EDP Renováveis nos vários países em que opera cresceu 9% na primeira metade deste ano, para 14.546 GWh, beneficiando principalmente do reforço de produção nos Estados Unidos da América, que já são a principal plataforma da empresa. No mercado norte-americano o volume gerado pela EDP Renováveis de janeiro a junho cresceu 17%.

Quanto ao Brasil, a companhia tirou partido não só da instalação de novos parques eólicos mas também de uma melhoria no fator de utilização da capacidade disponível, que passou de 29% no ano passado para 36% este ano. No segundo trimestre deste ano o fator de utilização chegou a 38%.

No final de junho a EDP Renováveis tinha 633 megawatts (MW) de nova potência em fase de construção, dos quais 502 MW nos Estados Unidos, 127 MW no Brasil (relativos aos projetos eólicos Jau e Aventura) e 4 MW em França.

A empresa apresentará ao mercado os seus resultados completos do primeiro semestre deste ano no dia 26 de julho, antes da abertura da bolsa de Lisboa.

A EDP Renováveis é controlada em 77,5% pela EDP, que tem em curso uma oferta pública de aquisição (OPA) para recomprar os 22,5% que não detém, ao preço de 6,75 euros por ação.

Fonte: Portugal Digital



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/01/2019
Auto Sueco entrega o primeiro volvo FH LNG em Portugal [NORS]
16/01/2019
Justiça pela Paz em Casa: prioridade para julgar casos de violência doméstica [Capistrano Sociedade de Advogados]
16/01/2019
A proteção patrimonial e o risco da penhora do bem de família caracterizado como de “alto padrão” [Menna Barreto]
16/01/2019
Sancionada a Lei que regulamenta a Multipropriedade no Brasil [FCB Legal]
16/01/2019
Vamos construir um diferencial? [Galpão 162]
16/01/2019
Um Porto de partida [Eirostec]