home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

17/07/2017

Evento: 'Governança da Sustentabilidade – O Caminho Natural do Desenvolvimento'

Não é novidade que a economia nacional vive tempos difíceis. Também é sabido que o empresariado brasileiro não aproveitou na medida do desejável os anos de expansão registrados no início desta década para internalizar e aprofundar em seus negócios o conceito de sustentabilidade. Em meio à crise, há um grande risco de que os três eixos do tripé da sustentabilidade – pessoas, planeta e rentabilidade (people, planet, profit) – sejam ainda mais negligenciados.

Em momentos como este é grande a tentação de que apenas o fator rentabilidade seja levado em conta. Também prosperam neste cenário os discursos daqueles que olham para as soluções sustentáveis como meras fontes de custos, não como oportunidades de mudança, e ainda negando-lhes o caráter humano e ambiental.

Situações de crise, no entanto, exigem soluções criativas. E é justamente um grau mais elevado de inovação que precisamos almejar quando buscamos alternativas de uso frente à escassez de recursos naturais não-renováveis. Portanto, uma quebra de paradigma capaz de evidenciar que a sustentabilidade não é – nem se propõe a ser – uma panaceia para todas as dificuldades empresariais. É, antes, uma alternativa de caminho para agregar valor financeiro e social em toda a cadeia produtiva e que promova a adoção de soluções que harmonizem nossas prioridades ambientais, econômicas e sociais.

Estes aspectos e temas relacionados são a base da programação do Fórum Sustentabilidade & Governança que a STCP Engenharia de Projetos e a Milano Consultoria e Planejamento realizam nos dias 22 e 23 de agosto de 2017, na FAE Business School, em Curitiba.

Como nas edições anteriores, quatro painéis estruturam o fórum, sempre precedidos de palestras principais com temas atuais e que destacam a importância da Governança da Sustentabilidade.

A palestra de abertura do 1º dia do Fórum trará o tema: “A economia da Sustentabilidade: Custos e Benefícios de Boas Práticas” seguida do 1º painel onde serão apresentados os cases corporativos da WestRock, Cargill e JTI, que buscarão retratar as tendências em sustentabilidade e governança das corporações.

O 2º painel tratará dos temas como Energia, Tecnologia, Inovação e Sustentabilidade, contando com a presença das empresas MRV Construções, Mepen Energia e Itaipu Binacional.

O encerramento do dia será com Luís Veiga da Sociedade Ponto Verde de Portugal versando sobre “Economia Circular, Logística Reversa e Novos Negócios: o Case Ponto Verde”.

O segundo dia será aberto por Manoel Sobral Filho, Diretor Executivo do Fórum de Florestas da ONU – UNFF, com o tema “As florestas, o clima, a biodiversidade e as metas de desenvolvimento sustentável da ONU”.

Nesse dia os painéis tratarão, sucessivamente de “Capital Natural e Sustentabilidade Corporativa” com presença de David Brand da New Forest - Autrália, Michel Jenks do Forest Trends – Estados Unidos, e da “Conservação da natureza no mundo corporativo” na visão da David Canassa do Grupo Votorantim e Malu Nunes da Fundação Boticário no Brasil.

Convidamos a todos para, a partir do Fórum Sustentabilidade & Governança, buscarmos “O Caminho Natural do Desenvolvimento”.

Mais informações em: http://www.sustentabilidadegovernanca.com.br/

Rômulo Sousa Lisboa
Diretor de Desenvolvimento e Qualidade
STCP Engenharia de Projetos Ltda." 

Observação: 

A Câmara de Comércio Brasil Portugal - Paraná oferece desconto de 11% para participação no Fórum Sustentabilidade e Governança, mediante solicitação através deste endereço de e-mail: secretaria@ccbp-pr.org.br.

Fonte: CCBP



NOTÍCIAS RELACIONADAS
25/09/2017
EU Market Access Brazil., edição 49
25/09/2017
A economia portuguesa está em boas mãos
25/09/2017
Redes de cooperação bilaterais entre o Brasil e a Europa
22/09/2017
Empresas portuguesas precisam de investir mais na velocidade dos sites mobile
22/09/2017
Portugal financiou-se com os juros mais baixos de sempre
22/09/2017
Portugal acolheu até agora 1435 refugiados