home > notícias

MUNDO

26/07/2017

Museu da Língua Portuguesa participa da 15ª edição da FLIP

Famoso encontro literário de Paraty (RJ) acontece de 26 a 30 de julho; MLP promove exposição, rodas de conversa e apresentações artísticas

Começa nesta terça-feira (26) e vai até o dia 30 de julho a 15ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), o encontro literário mais famoso do país que anualmente reúne importantes autores brasileiros e internacionais.

Este ano, o evento terá como novidade a participação do Museu da Língua Portuguesa, que levará a cidade fluminense uma exposição, rodas de conversa, oficina literária e apresentações artísticas.

Uma instalação audiovisual, instalada no Salão Nobre da Casa da Cultura de Paraty, vai recriar a experiência-símbolo do Museu: a Praça da Língua, espécie de “planetário do idioma” que homenageia a língua escrita, falada e cantada, em um espetáculo de som e luz.

Criada com curadoria de Arthur Nestrovski e José Miguel Wisnik, a experiência recupera extratos do áudio original do Museu. São trechos clássicos da poesia, prosa e música produzidas em língua portuguesa e interpretados por nomes como Maria Bethânia e Matheus Nachtergaele.

“A língua portuguesa é um valioso patrimônio que une Brasil e Portugal. É hoje a língua mais falada no hemisfério sul e uma das mais faladas no mundo. Por isso, não hesitamos quando surgiu a oportunidade de nos tornarmos patrocinadores Máster da restauração do Museu da Língua Portuguesa. Agora, como patrocinadores da Flip, continuamos apostando na valorização do nosso idioma comum e nas suas manifestações criativas e culturais”, diz o diretor-presidente da EDP, Miguel Setas.

Batizada com um verso de Fernando Pessoa, “Que o mar unisse, já não separasse”, a mesa de abertura da exposição “Praça da Língua” será realizada na sexta-feira (28), às 11h, e contará com convidados como o editor e livreiro português José Pinho, que transformou a cidade portuguesa de Óbidos em vila literária; a editora da Revista Pessoa, Ana Elisa Ribeiro; a tradutora literária australiana Alison Entrekin, radicada no Brasil; e a jornalista Luciana Araujo Marques.

“Será a festa da língua portuguesa. Celebrar esse idioma falado em nove países e por mais de 260 milhões de pessoas em um dos maiores eventos literários do país, com atividades que vão desde um dos recortes mais expressivos do Museu – a Praça da Língua – até expressões das culturas indígenas e caiçaras, demonstra o quanto nossa língua é vibrante, intensa e presente nas mais diversas manifestações culturais”, afirma José Luiz Penna, secretário da Cultura do Estado de São Paulo.

Museu da Língua Portuguesa
É uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, concebido e realizado em parceria com a Fundação Roberto Marinho. Tem como patrocinador máster a EDP, como patrocinadores o Grupo Globo e o Grupo Itaú e o apoio do Governo Federal, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. O IDBrasil é a organização social responsável pela gestão do Museu.

Fonte: Governo de SP



NOTÍCIAS RELACIONADAS
17/07/2018
Pelos labirintos de Fernando Pessoa
17/07/2018
Prêmio da Música Brasileira divulga lista dos indicados deste ano
17/07/2018
Isabel Minhós Martins é finalista de prémio literário norte-americano
17/07/2018
Summer Campus da Universidade do Algarve: uma experiência para a vida de dezenas de brasileiros
17/07/2018
Companhia de Dança quer Viseu como foco privilegiado de formação
17/07/2018
Algés volta a ser palco do NOS Alive nos próximos cinco anos